• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ideias inovadoras na educação capixaba são reconhecidas com prêmio

Geral

Ideias inovadoras na educação capixaba são reconhecidas com prêmio

O número de projetos inscritos neste ano bateu o recorde. Foram 358 projetos de 164 escolas de todo o Estado, que concorreram a três categorias. Foram mais de 400 convidados

A Secretaria de Estado da Educação (Sedu) premiou, nesta quarta-feira (9), os vencedores da 9ª edição do “Prêmio Sedu Boas Práticas na Educação”. A solenidade foi realizada em um cerimonial de Vitória, e contou com presença de cerca de 400 convidados, entre professores, pedagogos e diretores, que desenvolveram projetos inovadores.

Ideias inovadores no âmbito de gestão da educação foram premiadas Foto: Everton Nunes/FolhaVitória

Confira a galeria de fotos!

O número de projetos inscritos neste ano bateu recorde. Foram 358 projetos de 164 escolas de todo o Estado, que concorreram a três categorias: “Boas Práticas do Professor”, com projetos voltados para a utilização de tecnologia na sala de aula e temas contemporâneos; “Boas Práticas do Pedagogo”, com os temas “O Pedagogo no Cotidiano Escolar” e “O Pedagogo e a Avaliação na Escola”; e “Boas Práticas do Gestor”, abordando as temáticas “Gestão Pedagógica” e “Gestão Administrativa”.

A premiação começou com a entrega da menção honrosa, pelo secretário da Educação, Haroldo Rocha, e pelo subsecretário de Suporte à Educação, Carlos Eduardo Zucoloto, à Superintendência Regional de Educação (SRE) Colatina, por ter o maior número de projetos inscritos pelo segundo ano consecutivo.

Mais de 400 pessoas foram convidadas Foto: Everton Nunes

A superintendente de Colatina, Maricélis Caetano Engelhardt, falou sobre o momento. “É um prazer enorme, pois é a consolidação do trabalho que realizamos. Eu sempre incentivei os profissionais da minha SRE a mostrarem para a sociedade as ações maravilhosas que são desenvolvidas em nossas escolas”, disse.

A unidade escolar com mais projetos inscritos também recebeu menção honrosa, que foi a Escola Estadual Christiano Dias Lopes, localizada no município de Mantenópolis, com 48 projetos concorrentes. A Escola é vinculada à Superintendência Regional de Educação (SRE) Barra de São Francisco.

Antes da tão esperada premiação, o secretário falou sobre o evento, agradeceu a todos os professores, pedagogos e alunos. “Agradeço também pelo belo trabalho que desenvolveram este ano. Eu sei o quanto vocês trabalharam, nós acompanhamos de perto. Esse prêmio é um incentivo para continuarmos seguindo em frente, e com inteligência para aproveitar as ferramentas que temos. Parabéns, vocês merecem este momento”, disse Haroldo Rocha.

Na oportunidade, foi divulgado o lançamento do site Prêmio Sedu, para divulgar o potencial dos trabalhos desenvolvidos pelos profissionais da educação da rede estadual.

A festa contou com shows Foto: Everton Nunes

E, a partir dai o suspense tomou conta dos participantes para, logo em seguida, dar lugar à euforia, com o anúncio dos vencedores. A primeira unidade escolar a ser premiada, foi a Escola Clóvis Borges Miguel, localizada na Serra, com o projeto “Organização Pedagógica no Cotidiano Escolar”, inscrito pela diretora Claudete Silva do Nascimento Radaelli, na categoria “Boas Práticas do Gestor Escolar”, com o tema “Gestão Pedagógica”.

"Esse prêmio é a consagração de um trabalho e a certeza de que estamos no caminho certo. Agradeço pela valorização tanto dos profissionais da escola quanto da comunidade. Estou muito feliz", disse Claudete.

A Escola Estadual Irmã Maria Horta, localizada em Vitória, também comemorou a premiação do projeto “Abrangência e Amplitude – A Escola Preparando o Futuro”. A autora e diretora Ida Maria Auxiliadora Gasperoni Martins, subiu ao palco com a maior alegria. “Que emoção ganhar esse prêmio. Todo ano me inscrevo no Boas Práticas, e este ano tive a alegria de ser escolhida. Tivemos apenas 2% de evasão na nossa escola, é uma gratificação enorme”, disse Ida.

Festa aconteceu nesta quinta-feira Foto: Everton Nunes

Maria Delza Carreiro Rocha, uma das mais antigas diretoras escolares, não escondia a emoção ao ser premiada em primeiro lugar com o projeto “Água: cuidar para não faltar”. E, disse: “são 26 anos na direção da Escola Boa Vista. Essa escola é minha vida, e eu faço tudo pelos meus alunos e professores. É tão compensador receber esse prêmio, pois sei que o que passo para os alunos sobre poupar água, e que a mensagem também está sendo levado às famílias e comunidade”, falou emocionada Maria Delza.

Na categoria “Boas Práticas do Pedagogo” com o tema “O Pedagogo e o Cotidiano Escolar”, o primeiro lugar ficou com a Escola Vila Regência, de Linhares, da pedagoga Lucely Gonçalves, com o projeto “Gota D’Agua”, que vibrou com a alegria em ser premiada. “É o primeiro ano na Escola Vila Regência, e ser premiada logo no início assim, é muito incentivador para darmos continuidade a esse trabalho”, disse Lucely.

Este ano, os 1º e 2º lugares de cada tema receberam uma televisão LED de 46 polegadas e as escolas receberam um valor em dinheiro. Para o projeto que foi premiado em primeiro lugar, a escola foi beneficiada com R$ 25 mil e R$ 20 mil para a unidade premiada em segundo lugar. Além disso, os demais participantes classificados receberam certificados.