• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bancos e lojas avaliam prejuízos causados por vândalos durante protesto em Vitória

Geral

Bancos e lojas avaliam prejuízos causados por vândalos durante protesto em Vitória

Nos bancos, quem procurou atendimento foi surpreendido com o resultado do protesto. Além deles, lojas que ficam dentro de um shopping na Praia do Canto foram alvos do protesto

O rastro da destruição era visível na região Foto: TV Vitória

A manhã desta quarta-feira (14) foi de limpeza após protesto contra PEC 55 na Reta da Penha, em Vitória. Manifestantes atiraram pedras em vidraças de bancos, lojas e até em ponto de ônibus.

O rastro da destruição era visível na região. Do lado de fora dos estabelecimentos atingidos, ainda era possível ver as pedras usadas durante a manifestação.

Nos bancos, quem procurou atendimento foi surpreendido com o resultado do protesto. Além deles, lojas que ficam dentro de um shopping na Praia do Canto foram alvos do protesto. Uma delas, especializada em calçados, teve duas vitrines da estruturas quebradas.

De acordo com o gerente do centro comercial, os estragos ainda não foram contabilizados.

"Não dá para prever um prejuízo, quanto foi. Não sei o que foi roubado, não sei os valores porque não passaram para a gente. De todo jeito, foi prejuízo para a gente. Isso reflete muito mal para final de ano. É um dinheiro extra que poderia entrar, mas é prejuízo que a gente está tendo", afirmou Elias Velten, síndico do shopping.

Os tapumes improvisados como porta foram retirados Foto: TV Vitória

Ao longo do dia, os tapumes improvisados como porta foram retirados e funcionários de vidraçarias foram até os estabelecimentos prejudicados para reverter os estragos. Agora, a polícia conta com as imagens de segurança para identificar os responsáveis pelos atos de vandalismo. Mas até o momento, ninguém foi detido.

A Prefeitura de Vitória informou que vai mandar um equipe ainda nesta quarta-feira para fazer um levantamento dos danos causados. A manutenção necessária vai entrar no cronograma da prefeitura.

Já sobre as agências bancárias depredadas, as assessorias dos bancos informaram que, mesmo com os danos, elas funcionaram normalmente.