• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Caminhos do Campo: DM recebe investimentos de R$ 396 mil

  • COMPARTILHE
Geral

Caminhos do Campo: DM recebe investimentos de R$ 396 mil

Obras serão realizadas na estrada que liga as comunidades de Ponto Alto a Tijuco Preto

Foto: Governo ES

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), autorizou, nesta quinta-feira (06), a contratação do projeto de engenharia para a implantação do Programa Caminhos do Campo no trecho que liga as comunidades de Ponto Alto a Tijuco Preto, em Domingos Martins. O município ainda recebeu um caminhão truck basculante para auxiliar nos serviços nas áreas rurais. O investimento total foi de R$ 396 mil.

No evento, também foi assinado o contrato de concessão de uso de imóvel do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) para o município de Domingos Martins. Os atos foram realizados no Auditório da Escola Mariano Ferreira de Nazaré, no centro da cidade, com a presença do governador Paulo Hartung, do secretário de Estado da Agricultura, Paulo Roberto Ferreira, do prefeito Wanzete Kruger, além de lideranças estaduais e municipais.

O governador Paulo Hartung destacou que o Espírito Santo tem o trabalho realizado nos últimos quatro anos reconhecidos por todo o Brasil.

“Estamos fechando este ciclo com chave de ouro. A gente olha o Brasil e é uma bagunça só. E o Espírito Santo a gente vê como referência de organização: contas em dia e nossos vizinhos quebrados, enquanto o Espírito Santo permanece de pé, organizado. Se tivesse só isso, já era uma prova robusta. Mas veio a prova medindo o ensino médio e pulamos para o primeiro lugar do Brasil em Português e Matemática. Semana passada, a imprensa mostrou que temos a menor mortalidade do Brasil. Estamos em segundo lugar, em empate técnico com Santa Catarina, em expectativa de vida. É bonito a gente estar fechando um ciclo e um mandato com números. Não é com gogó, demagogia. O Brasil está vendo isso. Hoje estamos passando um bem do Estado que estava sendo subutilizado para o município dar uma utilização bacana. Domingos Martins tem grande potencial agrícola, no turismo e, cada vez mais, precisamos transformar esse potencial em oportunidades”, disse o governador.

O secretário da Agricultura, Paulo Roberto Ferreira, afirmou que os investimentos ajudarão ainda mais a agricultura no município. “Estamos autorizando o projeto Caminhos do Campo, de Tijuco Preto a Ponto Alto. Entregamos um caminhão e demos a cessão do uso do imóvel do Incaper. Todos os investimentos mostram que, ao contrário de outros estados, o Espírito Santo está com as contas em dia, é Nota A do Tesouro Nacional, e pode assim ajudar os municípios”.

“Enquanto todos os estados estão em crise, o Espírito Santo está sendo referência para o Brasil. Investindo nos municípios e com dinheiro para pagar abono para os servidores. Os investimentos e a cessão da ‘Mini Ceasa’ serão muito importantes para nós”, disse o prefeito de Domingos Martins.

A estrada que liga Ponto Alto a Tijuco Preto possui 14,6 quilômetros de extensão e o investimento para a execução do projeto de engenharia será de R$ 156,4 mil. A empresa responsável será a Geograph Topografia e Empreendimento Ltda. Após a conclusão do projeto, será realizada a licitação para a obra. Já o caminhão truck basculante foi um investimento de R$ 239,6 mil.

O Contrato de Concessão de Uso de Imóvel foi feito por meio do convênio entre o Incaper e a Prefeitura de Domingos Martins e é válido por 20 anos. O imóvel, conhecido por “Mini Ceasa”, está localizado na BR-262, Km 94, Aracê, Fazenda do Estado, no município de Domingos Martins.

Grupo de dança

Foto: Governo ES

O governador Paulo Hartung realizou também, a entrega de trajes de dança ao Grupo Folclórico Bergfreunde de Campinho. O traje é um Miesbach, que possui sua origem nas vestes dos madeireiros do Tirol. A indumentária tornou-se a mais autêntica da Baviera desde 1860, sendo utilizada até os dias de hoje. Ao todo, foram 12 conjuntos da indumentária masculina e 12 femininos, totalizando R$ 115.980,00.

Criado em 1984 com o objetivo de resgatar, preservar e difundir a cultura e os costumes dos imigrantes alemães, o grupo sofreu a perda de 11 integrantes, em um acidente, em setembro de 2017, quando o micro-ônibus em que estavam pegou fogo após bater de frente com um caminhão de bebidas, na BR-101, em Mimoso do Sul.

Esse traje típico é, para o grupo, um instrumento de representação da memória e o legado de todos que já fizeram parte do Bergfreunde, em especial dos integrantes que morreram no acidente.