• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Viabilidade de projeto para aumentar segurança na Terceira Ponte será revelado em fevereiro

Geral

Viabilidade de projeto para aumentar segurança na Terceira Ponte será revelado em fevereiro

Agência de Regulação dos Serviços Públicos (ARSP) confirmou que até o dia 20 de fevereiro vai apresentar a viabilidade técnica do plano que visa reduzir número de suicídios na via

Ficou para o fim de fevereiro o prazo final para que a Agência de Regulação dos Serviços Públicos (ARSP) divulgue o posicionamento técnico sobre o projeto de instalação de dispositivos de segurança na Terceira Ponte.

A agência informou que até o dia 20 de fevereiro vai apresentar a viabilidade técnica do plano para implantar cabos de aço sustentados por estruturas verticais inclinadas na ponte, com o objetivo de reduzir o número de suicídios no local. A proposta foi apresentada pela Rodosol ao órgão no início de outubro.

De acordo com a ARSP, o prazo é necessário para que sejam analisados tanto os aspectos técnicos de engenharia como os requisitos orçamentários.

“Essa proposta foi adotada em outras pontes, como a Millennium Bridge, em Londres, e possui como vantagem um menor custo de fabricação e manutenção, permite facilidade de acesso para manutenção da estrutura da Terceira Ponte, menor área de atrito causada pela incidência de ventos e mantém o cone de visibilidade para a população”, explicou o diretor geral da ARSP, Julio Castiglioni.

A ponte

Construída entre 1978 e 1989, a ponte Darcy Castello Mendonça possui hoje quatro faixas de tráfego (com 3,50 metros de largura, além das folgas, totalizando largura total de 18 metros).

No início de agosto, a Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa ouviu o engenheiro civil Luiz Carlos Menezes, que foi apresentar um estudo para tratar da mudança do trânsito no local. Segundo ele, é possível aumentar o número de faixas na via, de duas para três de cada lado.