• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Caso Milena: testemunhas de defesa serão ouvidas durante audiência nesta terça em Vitória

Polícia

Caso Milena: testemunhas de defesa serão ouvidas durante audiência nesta terça em Vitória

As testemunhas prestarão depoimento ao longo da manhã e da tarde

Milena tinha 38 anos e atuava como pediatra oncológica

As audiências com as testemunhas de defesa do assassinato da médica Milena Gottardi começam nesta terça-feira (30), na Cidade Alta, no Fórum Criminal de Vitória.

As audiências sobre o caso começaram no dia 16 de janeiro, quando foram ouvidas as testemunhas de acusação, arroladas pelo Ministério Público Estadual (MPES). Já os depoimentos das testemunhas de defesa dos réus começam a ser prestados nesta terça (30) e quarta-feira (31). 

Nesta segunda etapa, as testemunhas de defesa foram convocadas pelos advogados dos réus para prestarem esclarecimentos.

No total, serão ouvidas 55 testemunhas. Nesta terça, serão ouvidas 9 testemunhas. No dia 31, serão ouvidas apenas 5. Duas testemunhas que iam prestar depoimento nesta terça-feira estão em viagem. Sendo elas: Padre Pedro Luchi e Rodrigo Alves Aver. Quando uma testemunha está em viagem, o juiz deve marcar uma nova audiência para ouvi-la.

As audiências para ouvir as testemunhas de defesa de Dionathas Alves Vieira e Bruno Rodrigues Broetto ainda não foram marcadas, e não há uma previsão. 

Veja como será

--> Dia 30, às 9 horas

- Testemunhas de Esperidião: Valdemir Nascimento Lima e Pedro Nascimento Lima.

- Testemunha de Hilário: Gustavo Pimentel Simões e João Guilherme Souza.

--> Dia 30, às 13 horas

-Testemunhas de Hilário: Guilherme Daré de Lima - Delegado de polícia, Rodrigo Alves Aver, Padre Pedro Luchi e Moisés - Porteiro.

- Testemunhas de Valcir: Amilton Rodrigues, Anderson José Ramalho Cadete e José Eudes Almeida Franca.

--> Dia 31, às 13 horas

- Testemunhas de Valcir: Josinane Santana Dias,; Valdeir Galvão Dias, Rossoani Melo Santana e Maria da Glória Mendes da Cruz.

- Testemunha de Hermenegildo: Josefina Acker.

O crime

A médica Milena Gottardi Tonini Frasson, de 38 anos, que atuava como pediatra oncológica, saía de mais um plantão no Hospital das Clínicas, em Maruípe, Vitória, no final da tarde. Ela seguia acompanhada de uma amiga, também médica, para o estacionamento do hospital, onde estava seu carro, quando foi abordada por um homem armado. O crime aconteceu no dia 14 de setembro de 2017.

O suspeito chegou a anunciar um assalto e mandou as duas vítimas entregarem seus pertences. Elas obedeceram às ordens do suposto assaltante, mas, antes de as médicas entrarem no veículo de Milena, o criminoso atirou três vezes na direção da pediatra, que foi atingida na cabeça e na perna. Em seguida, o atirador fugiu em uma moto. Milena chegou a ser socorrida e foi internada em um hospital particular da capital, mas morreu no dia seguinte.

Leia também

--> Relembre todos os passos da investigação do caso Milena Gottardi