• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Condenado por assassinato de líder comunitário é preso durante operação em Cariacica

Polícia

Condenado por assassinato de líder comunitário é preso durante operação em Cariacica

José Operaci Laurette, de 43 anos, é acusado de participar do assassinato do ex-presidente da Associação de Moradores de Aparecida, Geneci Baía de Souza, ocorrido em 2010

Operaci Laurette foi condenado pela participação no assassinato de Geneci

Dois homens condenados por homicídio foram presos durante uma operação conjunta da Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (18). Um deles é José Operaci Laurette, de 43 anos, condenado a seis anos e três meses de prisão por participação no assassinato de Geneci Baía de Souza, ex-presidente da Associação de Moradores do bairro Aparecida, em Cariacica.

Geneci foi morto em fevereiro de 2010, enquanto participava de uma reunião da associação. O suspeito de participar da quadrilha que assassinou o líder comunitário foi preso em casa, no bairro Retiro Saudoso, também em Cariacica, por policiais da Superintendência de Polícia Prisional (SPP) e da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) do município.

"Ele foi condenado por participar de uma quadrilha responsável por vários homicídios na região de Cariacica. Inclusive esse mandado que nós cumprimos hoje é referente ao homicídio do então líder comunitário do bairro Aparecida, que na época estava incomodando a quadrilha pelo sucesso que estava trazendo para o seu bairro. Os demais, incomodados com o sucesso do líder comunitário, tramaram e executaram sua morte", afirmou o delegado Marco Aurélio Ferreira.

Leia também:

>> Inquérito que investiga morte de líder comunitário de Cariacica é concluído e polícia caça mandante do crime

>> Preso pistoleiro que estava na lista dos 10 assassinos mais procurados do Espírito Santo

Felipe ainda tentou fugir dos policiais, mas caiu de uma altura de quatro metros

O outro detido durante a operação foi Felipe Silverol Erlacher, de 26 anos, condenado a seis anos e quatro meses de prisão pela morte de Kleber Bruno, ocorrida em dezembro de 2010, no bairro Nova Brasília, em Cariacica. Na hora da prisão, o suspeito estava em casa, no bairro Rio Branco, também em Cariacica, e tentou fugir, mas acabou caindo de um telhado e machucou os tornozelos.

"Nós já realizamos algumas diligências atrás dele para cumprir o mandado de prisão. No entanto, ele sempre logrou êxito em correr por trás da casa dele. Hoje nós realizamos um cerco pela manhã e novamente ele tentou correr, mas, ao pular o muro, acabou batendo no telhado e veio a cair de uma altura aproximada de quatro metros", disse o delegado.

O objetivo da operação era cumprir seis mandados de prisão contra condenados por homicídio em Cariacica. Dois foram cumpridos e, segundo a polícia, novas operações serão realizadas para localizar os demais foragidos. 

Durante a operação desta quinta-feira, três homens também foram detidos por não pagar pensão alimentícia. Todos os cinco foram encaminhados para o Centro de Triagem de Viana.