• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Corpo de recém-nascido é achado por moradores em lata de lixo

  • COMPARTILHE
Polícia

Corpo de recém-nascido é achado por moradores em lata de lixo

A polícia localizou a mãe, que disse sofrer de depressão e teve parto espontâneo no dia 25 de janeiro

Caçamba de lixo onde bebê foi encontrado morto Foto: Reprodução/Google Street View

Um recém-nascido foi encontrado enrolado em um cobertor próximo de uma lata de lixo no bairro de Americanópolis (zona sul de São Paulo), na tarde do último domingo (28).

Os moradores que acharam o bebê acionaram a Polícia Militar, que atendeu o caso e registrou no 98º DP (Jardim Miriam). A ocorrência, no entanto, foi encaminhada para o 43º DP (Cidade Ademar), responsável pela área.

Um documento assinado nesta terça-feira (30) pelo delegado do 43º DP, José Ademar de Sousa, aponta que a Polícia Civil localizou a mulher que jogou o corpo do bebê no lixo.

Segundo a investigação, a mulher mora a pouco mais de 200 metros de onde o recém-nascido foi encontrado.

A mulher disse à polícia que é mãe do bebê e que passou por um parto espontâneo no dia 25 de janeiro, mas o filho nasceu morto.

A mãe, que disse à polícia sofrer de depressão, afirmou que ficou com a criança morta por três dias por não saber o que fazer. Até que no domingo decidiu jogar o bebê em uma caçamba de lixo.

O caso foi registrado como ocultação de cadáver, mas pode ser alterado dependendo dos resultados dos laudos do IML (Instituto Médico Legal).

Caso os exames apontem que o bebê nasceu com vida, a tipificação deve ser alterada para homicídio, além da ocultação de cadáver.

Portal R7!