• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Família vai ao DML liberar corpo de comerciante morto em acidente com caminhonete na Serra

  • COMPARTILHE
Polícia

Família vai ao DML liberar corpo de comerciante morto em acidente com caminhonete na Serra

A vítima estava com a mulher, a filha e o enteado dentro do carro no momento do acidente

A cunhada da vítima esteve no DML

Familiares do comerciante, morto durante um grave acidente na Rodovia Audifax Barcelos, na Serra, estiveram na manhã desta segunda-feira (22) no Departamento Médico Legal (DML) de Vitória para a liberação do corpo. A vítima foi identificada como Willeçon Ferreira da Silva, de 42 anos.

O comerciante morreu na noite do último domingo (21). Ele havia acabado de sair do trabalho, no bairro Tubarão, e seguia com a família e um funcionário para Costa Dourada, quando aconteceu a batida.

O carro em que eles estavam foi atingido por uma caminhonete que, ao tentar fazer uma ultrapassagem, invadiu a contramão. Nela estavam 10 pessoas. O motorista disse que sete eram crianças e estavam todas dentro do veículo, mas segundo a polícia seis crianças eram transportadas na carroceria. A polícia ainda afirmou que o motorista estava alcoolizado.

De acordo com familiares, Willeçon ficou preso às ferragens e morreu no local do acidente. A mulher do comerciante, o enteado de 12 anos, e a filha de 14 anos, ficaram feridos. A menina sofreu um traumatismo craniano. O estado de saúde dela é grave. “Minha sobrinha está em coma induzido, pois teve traumatismo craniano, e o enteado dele teve uma cirurgia na bacia”, contou Alcimeia Ferreira da Silva, cunhada da vítima.

Willeçon tinha um lava jato e costumava trabalhar até tarde nos finais de semana. A cunhada contou que a família ajudava nas atividades. O comerciante era considerado um homem trabalhador, além de um motorista experiente e bastante cauteloso. “Ele era muito cauteloso e dirigia muito bem. Ele dirigia desde novo”, disse a cunhada.

Confira o vídeo da matéria: