• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Furto de energia no ES em 2017 poderia abastecer população da Serra por um mês

Polícia

Furto de energia no ES em 2017 poderia abastecer população da Serra por um mês

Os casos de 'gatos' aumentaram em 2017, com relação ao ano anterior nos 70 municípios capixabas atendidos pela EDP Espírito Santo

Foto: Reprodução

Um balanço realizado pela empresa EDP Espírito Santo apontou que o número de irregularidades e furto de energia elétrica registrou um aumento de 11% em 2017, com relação ao ano anterior. As ações de combate identificaram manipulação de medidores e ligações irregulares.

De acordo com a concessionária, que atende 70 municípios capixabas, o volume de energia recuperada seria o suficiente para abastecer a cidade da Serra durante um mês. As atividades de combate ao furto de energia são realizadas por equipes técnicas com treinamento e equipamentos específicos para identificar manipulações nos medidores ou qualquer anormalidade na rede.

Além do alto risco para a população e do impacto negativo na qualidade da energia elétrica, este tipo de prática representa um acréscimo no valor da conta de luz dos clientes regulares, além do prejuízo à Distribuidora. Previsto no Artigo 155 do Código Penal Brasileiro, o furto de energia é crime: “Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel: pena de reclusão, de 01 (um) a 04 (quatro) anos, e multa”. E, conforme a regra da Resolução Aneel, é realizada a cobrança de toda energia não faturada durante o período da irregularidade e o custo administrativo.

A ação ilegal pode provocar sobrecarga na rede elétrica, com prejuízo para a população, que sofre com a interrupção ou oscilação do fornecimento para sua residência e nas vias públicas. As ligações irregulares trazem ainda o risco de acidentes mais sérios, como a morte do infrator ou de terceiros, pois os cabos da rede elétrica sempre estão energizados.

Ao contrário do que muitos imaginam, o furto de energia elétrica não traz perdas apenas para a concessionária. Os maiores lesados são os próprios clientes. Como a tarifa abrange também as perdas elétricas, o custo da energia usada irregularmente pelas pessoas que cometem esse crime é parcialmente repassado a todos os usuários da rede.

Caso alguém suspeite de ligações irregulares, a denúncia pode ser realizada pelo site www.edponline.com.br, agências de atendimento presencial ou a Central de Atendimento ao Cliente, no 0800 721 0707, que funcionam 24 horas e com ligação gratuita. O sigilo é total, e a inspeção realizada com a máxima urgência.