• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Operação prende condenados por assaltos cometidos em praias da Grande Vitória

Polícia

Operação prende condenados por assaltos cometidos em praias da Grande Vitória

Victor Raymundo Madeira e Vinícius Vicente pegaram cinco e seis anos de prisão, respectivamente, por roubos ocorridos em 2014. Outros dois homens foram presos durante a ação

Victor (à esquerda) e Vinícius foram condenados por assaltos cometidos em 2014 na Grande Vitória

Quatro pessoas foram presas durante uma operação da Superintendência de Polícia Prisional (SPP), na Grande Vitória, na manhã desta segunda-feira (22). Entre os detidos estão Victor Raymundo Madeira, de 27 anos, e Vinícius Vicente, de 24 anos, ambos condenados por assaltos cometidos em praias da região metropolitana.

Victor foi preso em Carapina I, na Serra. Ele foi condenado a cinco anos de prisão por um roubo cometido na Praia de Camburi, em Vitória, em 2014. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito levou a roupa, a prancha e a mochila de um surfista.

Já Vinícius foi detido no bairro Vila Batista, em Vila Velha. Ele pegou seis anos de prisão por roubar a bolsa de uma mulher na Praia da Costa, no mesmo município, em janeiro de 2014. O suspeito também foi condenado por corrupção de menores.

Para a polícia, tirar das ruas condenados por roubo vai garantir mais tranquilidade para a população curtir o verão e as prais do Espírito Santo. Somente em janeiro deste ano, foram realizadas 59 prisões por meio da intensificação de operações para cumprimento de mandados de prisão.

"Nós estamos implementando diariamente busca e captura de criminosos. Assim que chega o mandado de prisão, nós procuramos dar o cumprimento", frisou o delegado Marco Aurélio Ferreira Oliveira.

Outros detidos

Os quatro detidos durante a operação foram encaminhados para o presídio

Durante a operação desta segunda-feira também foi cumprido mandado de prisão preventiva por violência doméstica. Segundo a polícia, Adilson Florêncio Britto, de 30 anos, teria descumprido medida protetiva expedida pela Justiça em favor de sua ex-mulher, no início deste mês. Ele teria quebrado objetos na casa da ex-companheira e ainda roubado R$ 200. 

O outro detido foi Maycon Almeida Carneiro, de 31 anos, condenado por falsidade ideológica. Segundo a polícia, ele é acusado de burlar a prestação de serviços comunitários que deveria cumprir por determinação da Justiça.

De acordo com Marco Aurélio, a intensificação das operações segue até o mês de fevereiro, quando a Operação Verão será finalizada. "As operações são diárias. Nós temos a previsão de, no esforço da Operação Verão, darmos cumprimento até o dia 18 de fevereiro", destacou o delegado.