• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bandido abre buraco na parede de igreja em Cariacica e furta notebook

Polícia

Bandido abre buraco na parede de igreja em Cariacica e furta notebook

Crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira, no bairro Bubu. Segundo a população, templo já foi alvo de criminosos três vezes em apenas um ano

Igreja foi invadida na madrugada desta segunda-feira Foto: ​TV Vitória

Uma igreja evangélica em Cariacica foi invadida, na madrugada desta segunda-feira (22), e teve um notebook levado pelo criminoso. Segundo moradores da região, o templo religioso, localizado no bairro Bubu, foi invadido três vezes em apenas um ano.

De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 4h30. O bandido teria feito um buraco na parede dos fundos da igreja, para ter acesso a seu interior. Toda a ação criminosa foi registrada por uma câmera de segurança.

A imagem mostra que o ladrão vasculhou todo o templo. Primeiro ele foi ao gabinete da secretaria e ficou no local por alguns minutos, procurando por algo de valor. Depois, se arrastando pelos cantos das paredes, chegou ao altar. Em seguida, ainda sem pegar nada, ele foi para o outro lado do templo.

Depois de revirar toda a igreja, o bandido encontrou o que queria. Na mesa, embaixo de um pano, ficava o notebook, que vale cerca de R$ 700 e foi doado aos membros da congregação. Quando o ladrão pegou o equipamento, o alarme disparou. Nesse momento, ele correu e pegou, como saída, o mesmo caminho por onde entrou.

Criminoso fez um buraco na parede para ter acesso ao interior do templo religioso Foto: ​TV Vitória

Durante a ação, o criminoso cobriu a cabeça, na tentativa de permanecer no anonimato. No entanto, ele deixou aparecer uma tatuagem, em forma de escorpião, nas costas, o que pode ajudar a identificá-lo.

Quem tiver qualquer informação que possa ajudar a polícia a chegar até o criminoso deve entrar em contato com o disque-denúncia, pelo telefone 181. Não é preciso se identificar.

Violência

Apesar de ainda guardar um clima de zona rural, o bairro Bubu tem sido frequentemente palco de ocorrências policiais. O templo invadido nesta madrugada começou a ser erguido há 15 anos e ainda está em obras, mas as paredes já contam histórias da violência. Na última terça-feira (16) um tiroteio deixou marcas na fachada do templo.

Além disso, o estudante Renan dos Santos Sperandio, membro da congregação e filho da pastora da igreja, conta que já foi assaltado na porta do templo. O crime aconteceu no momento em que Renan, que atua como músico nos cultos, chegava ao local para mais um ensaio. "Tudo o que a gente quer é vir pra igreja, mas nem isso está dando mais", lamenta.

Por causa da violência, a pastora da igreja conta que teve de mudar a rotina. Segundo ela, o templo agora encerra as atividades, no máximo, às 20h40. Além disso, uma cantina que funcionava do lado de fora da igreja e arrecadava dinheiro para ajudar a obra precisou ser cancelada, também por causa da criminalidade.