• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dono de boate é acusado de aplicar golpes até fora do Estado

  • COMPARTILHE
Polícia

Dono de boate é acusado de aplicar golpes até fora do Estado

A polícia informou que mais de 20 pessoas procuraram a delegacia para denunciar o suspeito. Algumas vítimas preferiram não registrar o Boletim de Ocorrência por medo, segundo a delegada

Mais de 20 pessoas acusam Nelson de golpes Foto: TV Vitória

Mais de 20 pessoas entraram em contato com a Delegacia de Defraudações e Falsificações (Defa) após a prisão de Nelson Avidos Magalhães Filho, de 28 anos. Ele é acusado de aplicar vários golpes de venda de carros. De acordo com a polícia, até moradores de fora do Estado teriam procurado a delegacia para registrar denúncias.

“Alguns registraram o Boletim de Ocorrência. Outros ainda com medo e não quiseram registrar. Alguns fizeram até denúncia anônima. O telefone da delegacia não para de tocar. Os casos mais graves nós estamos ouvindo primeiro. Um novo golpe também foi denunciado e nós ainda vamos apurar, mas os mais registrados são pelo golpe da venda de carros. Os veículos ultrapassam R$ 100 mil”, explicou a delegada Rhaiana Brememkamp. 

Um empresário, que preferiu não se identificar, disse que foi uma das vitimas. Ele teve um prejuízo superior a R$ 600 mil. “Ele mandou um depósito frio para uma pessoa, e essa pessoa me disse que era falso. A partir daí, eu comecei a monitorar a operação que eu tinha feito com ele”, contou a vítima.

Nelson é dono da boate Adega Sertaneja, que fica na Praia do Suá, em Vitória. Ele foi detido na madrugada da última segunda-feira (1) em uma boate em Vila Velha. Com os golpes aplicados, Nelson vivia uma vida de luxo e ostentava nas redes sociais.