• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Presos armam princípio de rebelião em presídio de Vila Velha

Polícia

Presos armam princípio de rebelião em presídio de Vila Velha

Tudo teria começado depois que um detendo foi flagrado fumando no pátio

Quatro presidiários são suspeitos de incentivar um princípio de rebelião que aconteceu na última terça-feira (13), na Casa de Custódia de Vila Velha. Segundo a Polícia Civil, eles foram levados por uma viatura da Secretaria de Justiça (Sejus) para a Delegacia de Cobilândia.

De acordo com informações do relatório da Sejus, o princípio de rebelião teria começado depois que um detendo foi flagrado fumando no pátio, o que é proibido no local. Agentes chamaram a atenção dele, que não acatou às ordens e se juntou a um grupo de outros detentos.

Ainda segundo o relatório, foram mais de 190 presidiários que resolveram de uma vez se rebelar contra os agentes. Eles quebraram bueiros no local para usarem como pedras e improvisaram vergalhões como facas. Diante disso, para dispersar o motim um inspetor jogou uma bomba de gás lacrimogênio que não adiantou. Em seguida foram disparados quatro tiros de arma não letal, o que também não solucionou. Por fim, um agente disparou duas vezes de uma pistola ponto 40 para controlar a confusão.

Segundo o boletim registrado, os tiros foram disparados na direção oposta aos detentos, por isso, ninguém ficou ferido na ação. Os quatro presos levados para a delegacia foram identificados como Wenderson Vitorino Marcolino, Robson Carlos José dos Santos, Werlei da Conceição Xavier e André Luiz Souto Teixeira. Segundo agentes da Sejus, eles seriam os incentivadores do motim. Na delegacia eles foram ouvidos pelo delegado de plantão e voltaram presos à casa de custódia.