• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Rebelião no Rio de Janeiro é encerrada após libertação dos 18 reféns

Polícia

Rebelião no Rio de Janeiro é encerrada após libertação dos 18 reféns

Oito agentes e dez presos ficaram em poder dos amotinados na Penitenciária Milton Dias Moreira, na Baixada Fluminense

Helicóptero da PM registrou movimentação de presos com câmera térmica Foto: Reprodução/PMRJ

Terminou na madrugada desta segunda-feira (19) a rebelião na Penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro.

Todos os dezoito reféns já foram libertados pelos presos rebelados, segundo informações da Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária), que afirmou que a situação já está "sob controle total".

Os três presos feridos foram atendidos por ambulâncias da Defesa Civil e não correm risco de vida.

Ao todo, oito inspetores e dez internos estavam em poder dos amotinados e foram liberados por volta da 0h30.

Também foram apreendidas duas pistolas, um revólver, uma granada de efeito moral e uma lanterna. A situação está sendo investigada por agentes da Secretaria.

A rebelião ocorreu após uma tentativa frustrada de fuga frustrada por agentes penitenciários. O Batalhão de Choque, o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e outros setores da PM da Baixada Fluminense foram enviados para o local e ajudaram a conter o motim.

Conforme o CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o presídio Milton Dias tem capacidade para 884 detentos e mantinha em janeiro 2.027.

Medidas de Controle

A rebelião acontece dois dias após a decretação da intervenção federal na área de segurança pública do Estado do Rio e no mesmo dia em que a Seap antecipou medidas de controle para evitar reações dos presos após a intervenção federal no Rio.

"A intervenção abrange todos os setores da segurança pública e, dessa forma, coube ao secretário antecipar algumas medidas de controle, na intenção de evitar qualquer reação da população carcerária. Uma série de medidas operacionais foram adotadas, com o objetivo de impedir as instabilidade no sistema carcerário", informou o secretário David Anthony.

No entanto, a secretaria não detalhou as medidas alegando "questões de segurança".

Portal R7!