• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Polícia Civil encontra drogas e dinheiro após procurar por celular roubado em Guarapari

Polícia

Polícia Civil encontra drogas e dinheiro após procurar por celular roubado em Guarapari

A apreensão foi realizada ontem (08) no bairro Itapebussu, em Guarapari

Uma operação realizada ontem (08) pela Polícia Civil no bairro Itapebussu, resultou na apreensão de 163 pedras de crack, R$ 1500, uma balança, embalagens para drogas e um celular roubado. Os materiais foram encontrados na casa de Kaio Cesar Nascimento Pereira, que foi detido após uma denúncia.

Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Material apreendido na operação de ontem (08).

De acordo com o Delegado Guilherme Eugênio, titular da Delegacia Patrimonial de Guarapari, a prisão ocorreu por causa de um assalto realizado pelo suspeito, onde levou o celular da vítima. Quando os policiais foram à casa do indivíduo para procurar pelo aparelho, encontraram as drogas e os outros materiais ilícitos. O homem havia saído da prisão em novembro do ano passado, depois de ficar 12 anos preso por homicídio.

Em tempo

Na tarde de quinta-feira (07), a Polícia Civil, através do DEIC de Guarapari, apreendeu em flagrante um adolescente de 15 anos responsável por um roubo praticado na quarta-feira (06). O suspeito teria invadido uma casa em Nova Guarapari e rendido um casal de idosos de 78 e 62 anos, levando uma televisão, um celular e uma quantia em dinheiro.

Os policiais encontraram o suspeito depois de apreenderem um aparelho celular, esquecido pelo mesmo no local do crime. O adolescente foi detido na escola, na qual tinha se matriculado na última quarta-feira (06), mesmo dia do crime.

Essa foi a segunda vez que os idosos foram roubados. A casa das vítimas já havia sido invadida no último domingo (03), quando os ladrões levaram um aparelho de TV e outros equipamentos eletrônicos. A Polícia Civil ainda está investigando se os dois crimes foram efetuados pelo mesmo indivíduo.

Além do detido, está sendo investigada a participação de mais dois suspeitos, um de 15 anos e outro de 30.