• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Justiça determina que criança que cheirou cocaína em Cariacica ficará com a mãe

Polícia

Justiça determina que criança que cheirou cocaína em Cariacica ficará com a mãe

O conselho tutelar do município entrou com representatividade pedindo o acolhimento do garoto e de seus irmãos, alegando que a mulher é usuária de droga

Menino voltará a morar em casa com a mãe e os irmãos Foto: TV Vitória

O menino de seis anos que usou cocaína, após confundir o entorpecente com leite em pó, em Cariacica, vai continuar com a mãe. A decisão foi tomada na tarde desta quarta-feira (1º) pela Vara da Infância e da Juventude, no fórum do município. Os irmãos do menino também voltarão para casa.

A juíza Fabrícia Gonçalves Calhau entendeu que as crianças não estão em risco e deixou a guarda dos menores com a mãe. No entanto, o Conselho Tutelar de Cariacica entrou com representatividade pedindo o acolhimento do garoto e de seus irmãos, alegando que a mulher é usuária de droga.

O conselho ainda informou que na próxima semana o tio paterno das crianças, que mora em Minas Gerais, vai vir ao Estado para pedir a guarda provisória delas. 

De acordo com o titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), delegado Lorenzo Pasolini, que está à frente do caso, o menino contou que costumava presenciar adultos consumindo drogas na sua frente e, por isso, inalou a cocaína, pensando que se tratava de leite em pó. Por conta disso, a mãe do menino responderá criminalmente por negligência. 

Na noite da última segunda-feira, o menor foi parar no hospital com alucinações, após consumir a droga. Ele recebeu alta na manhã de terça e foi com a mãe à DPCA, onde prestou depoimento.

Segundo o delegado, foi feito um pedido para que fossem tomadas todas as precauções para com a criança e seus irmãos. "Pedimos para que elas fossem retiradas do local de risco, já que acreditamos que elas convivem com pessoas usuárias de drogas. Além disso, o namorado da mãe do menino está foragido. Além de ser usuário, também suspeitamos que ele trabalhe na venda de drogas", informou.