• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Homem acusado de provocar a morte da sobrinha em 2017 é assassinado em Cariacica

Polícia

Homem acusado de provocar a morte da sobrinha em 2017 é assassinado em Cariacica

Segundo peritos da Polícia Civil, foram encontradas mais de 11 perfurações no corpo da vítima

Foto: Divulgação

O acusado de provocar a morte da própria sobrinha, a adolescente Jéssika Nielsen, de 15 anos, em junho de 2017, foi assassinado a tiros na noite de sábado (13). De acordo com a polícia, Jean Carlos Nielsen dos Santos foi executado no bairro São Geraldo II, em Cariacica.

O crime aconteceu na Rua Espírito-Santense, por volta das 23 horas. Segundo peritos da Polícia Civil, foram encontradas mais de 11 perfurações no corpo da vítima. Segundo vizinhos, Jean Carlos morava na região e havia saído da prisão há cerca de dois meses.

Na época das investigações sobre a morte da adolescente, o inquérito da Polícia Civil constatou que Jean Carlos foi o responsável pela morte da sobrinha. A jovem morava com os avós, no bairro Maracanã, e morreu após ser agredida pelo tio, na noite do dia 27 de junho de 2017.

De acordo com a polícia, ele chegou em casa bêbado, xingou e bateu em Jessika, que dormia no quarto dela. A adolescente chegou a ser socorrida por vizinhos, mas teve uma parada cardíaca e traumatismo craniano e não resistiu. Jean foi levado para o plantão especializado da mulher, ainda durante a noite do crime, e encaminhado ao Presídio de Viana, na manhã seguinte.

Seis homicídios em sete horas
Outros cinco homicídios foram registrados pelo Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em Cariacica em um intervalo de apenas sete horas, entre a noite de sábado e a madrugada de domingo.

Em Bandeirantes, bairro vizinho de São Geraldo II, um duplo homicidio aconteceu dentro de um bar, por volta das 21 horas. As vítimas foram identificadas como Caian Lima Santana, de 17 anos, e Darlan Delmontes Campos, de 19. Segundo a polícia, cada um deles levou três tiros.

Já em Morada de Santa Fé, um policial militar reagiu a um assalto e matou o suspeito de cometer o crime, identificado como Magnum Vargas de Souza. Segundo a polícia, ele foi atingido por três disparos, por volta das 23 horas.

Na madrugada, outros dois assassinatos foram registrados. Jesuíno Mendes dos Santos, de 40 anos, foi morto a tiros por volta de 1h30, no bairro Alice Coutinho. E por volta das 4 horas, Amarildo de Oliveira foi morto com golpes de arma branca, em Bela Aurora.