• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mulher é agredida pelo namorado e filho da vítima, de 8 anos, pede socorro

Polícia

Mulher é agredida pelo namorado e filho da vítima, de 8 anos, pede socorro

"Quando voltei ela estava sangrando na calçada. Fiquei muito assustado. Não sabia o que fazer", contou o menino.

Foto: TV Vitória

Uma criança de 8 anos presenciou a mãe ser agredida pelo namorado, na porta de casa, na noite de domingo (14) no bairro Nova Carapina I, na Serra. Segundo o menino, ao perceber que a mãe estava apanhando do namorado, ele se desesperou e correu para pedir ajuda.

"Quando voltei ela estava sangrando na calçada. Fiquei muito assustado. Não sabia o que fazer", contou o menino.

Ainda com o relato da criança, ele e a mãe voltavam para casa quando avistaram o suspeito bebendo em um bar. Quando eles se aproximaram da casa onde moram, o homem teria chegado ao local e começado as agressões. "Ele jogou minha mãe no portão de casa. Ele batia muito nela. Eu corri pelas ruas. Eu gritei muito por ajuda", relatou o filho de oito anos da mulher.

Segundo o menino, depois de retornar com uma pessoa, ele se deparou com o namorado da mãe fugindo de carro. Já a mãe dele, estava ensanguentada em frente a calçada onde eles moram. A vítima de 38 anos, recebeu vários golpes de faca na região da barriga. Ela foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Serra Sede. Depois de receber os primeiros socorros, foi foi transferida para o hospital Jayme Santos Neves.

De acordo com informações de testemunhas, o suspeito teria ido ao encontro da vítima com intenção de matar. Isso porque ele chegou no local do crime e, sem falar nada, já começou as agressões. Ainda com eles, o homem tirou uma faca que escondia na roupa e cometeu o crime. Outra informação que os moradores passaram é que o casal vivia uma relação conturbada.

Diante do que aconteceu, o ex companheiro que viveu quase 17 anos com a mulher, se preocupa em como essa história pode afetar na vida do filho. "Ele presenciou a mãe quase ser assassinada. O psicológico dele vai ficar muito abalado. Eu vou correr atrás da guarda do meu filho", desabafou o pai.

A vítima continua internada no hospital Jayme, na Serra. Segundo familiares ela teve ferimentos profundos no abdômen e precisou passar por cirurgia. Além disso, ela teve cortes nas mãos e no pescoço. Mesmo com muitos ferimentos, o estado de saúde dela é esteval.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que até o momento o suspeito não foi detido. O caso segue sob investigação da Policia Civil, e outras informações não serão passadas, no momento, para não atrapalhar o andamento das investigações. 

A Polícia conta com a colaboração da população e qualquer contribuição para identificação de suspeitos podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia 181 ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br, onde é possível a pessoa anexar imagens e vídeos de ações criminosas. O sigilo e anonimato são garantidos.   

* Com informações da repórter, Nathália Munhão, da TV Vitória / Record TV.