• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Justiça determina soltura de pugilista suspeito de atear fogo a própria casa

Polícia

Justiça determina soltura de pugilista suspeito de atear fogo a própria casa

Segundo informações da polícia, Touro Moreno ateou fogo na residência após uma discussão com sua companheira, Maria Olinda Falcão Gomes; família não quis comentar o ocorrido

Pugilista foi liberado do Centro de Detenção Provisória de Colatina nesta quinta-feira Foto: Reprodução/Facebook

Por determinação da Justiça, Adegard Câmara Florentino, mais conhecido como Touro Moreno, foi liberado do Centro de Detenção Provisória de Colatina (CDPCOL) na tarde desta quinta-feira (28). O lutador foi preso na terça-feira (26), suspeito de incendiar a própria casa, no município de Santa Teresa, região serrana do Estado. 

Segundo informações da polícia, Touro Moreno ateou fogo na residência após uma discussão com sua companheira, Maria Olinda Falcão Gomes. O lutador também teria quebrado alguns objetos. 

Após o incidente, o acusado foi encontrado pela Polícia Militar caído no chão e com sintomas de embriaguez. Ele foi levado para um hospital, medicado, encaminhado para a delegacia de Santa Teresa e de lá foi levado ao presídio. Touro Moreno foi autuado por ameaça e crime de dano qualificado. Foi arbitrada uma fiança no valor de R$ 2 mil contra o acusado. 

Procurada pelo jornal online Folha Vitória, a família do ex-lutado não quis comentar a situação. Apenas um genro falou sobre Touro Moreno. “Ele é um cara super tranquilo”, afirmou.