• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bandidos furtam R$ 50 mil em jóias de loja na Praia do Canto. Veja o vídeo!

Polícia

Bandidos furtam R$ 50 mil em jóias de loja na Praia do Canto. Veja o vídeo!

Crime aconteceu em um horário em que o movimento era bastante intenso na joalheria. Ação dos criminosos foi registrada por uma câmera de segurança da loja

Criminoso conseguiu abrir a vitrine e ter acesso às jóias Foto: Reprodução

Uma joalheria na Praia do Canto, em Vitória, foi alvo de uma quadrilha, em pleno horário de funcionamento. O crime aconteceu no último sábado (13), quando o movimento era intenso na loja. Segundo a proprietária da loja, o prejuízo estimado é de cerca de R$ 50 mil.

A ação dos criminosos foi registrada pela câmera de segurança do estabelecimento, localizado em um shopping da Praia do Canto. Um homem de chapéu recebe a chave da vitrine de um comparsa, enquanto outro segura um casaco e se posiciona na frente dele, impedindo que o furto seja notado. 

O homem consegue destrancar a vitrine, furta duas bandejas repletas de anéis de ouro e brilhantes e as entrega para uma mulher, que esconde tudo na bolsa. Antes de ir embora, ele ainda tenta colocar o cadeado de volta, mas não consegue e leva o objeto. Até o fim da tarde desta segunda-feira (15), os suspeitos ainda não haviam sido localizados.

De acordo com a dona do estabelecimento, no dia do crime as vitrines estavam cheias de jóias, justamente esperando pelo movimento mais intenso por causa do dia das mães.

"Geralmente a gente faz mais compras para essas datas festivas. A gente quer dar variedade para os clientes, que estão cada dia mais exigentes. Então nossas bandejinhas estavam realmente muito caprichadas", afirmou.

Ainda segundo a dona da loja, há cerca de um ano a mesma vitrine foi arrombada, exatamente do mesmo jeito. Na época os bandidos levaram o mostruário de alianças.

Dessa vez, ela espera que os criminosos sejam localizados o mais rápido possível. "As imagens já foram entregues e a gente espera que essas pessoas sejam identificadas, até mesmo para que a gente possa se proteger posteriormente", ressaltou a comerciante.

Quem tiver qualquer informação que possa ajudar o trabalho da polícia deve entrar em contato com o disque-denúncia, pelo telefone 181. Não é preciso se identificar.