• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bandido babão é preso pela segunda vez e dorme "de conchinha" em delegacia

Polícia

Bandido babão é preso pela segunda vez e dorme "de conchinha" em delegacia

Várias denúncias foram registradas durante o final de semana envolvendo o suspeito. Ele teria participado de arrastões em vários estabelecimentos comerciais

Essa foi a segunda vez que o suspeito dormiu na delegacia Foto: TV Vitória

Pela segunda vez João Victor Andrade de Oliveira tirou uma soneca na delegacia de Cariacica. Ele dormiu "de conchinha" com um dos homens que também foi detido com ele. O acusado e outras três pessoas estavam embaixo de um viaduto quando foram flagrados por policiais militares. De acordo com a polícia, o grupo é suspeito de promover um arrastão em bairros de Cariacica e Viana. 

Um dos alvos, na noite da última segunda-feira (1), teria sido a lanchonete de um casal, em Arlindo Villaschi, em Viana. O comerciante chegou a ter uma arma apontada para a cabeça. “Eles entraram na lanchonete, me abordaram, colocaram a arma na minha cabeça, e pediram para que eu deitasse no chão. Aí foram recolhendo o que tivesse de pertences. Eles estavam muito drogados”, afirmou o comerciante. 

No último domingo (31), a ação do grupo teria sido em um bar no bairro Nova Brasília, em Cariacica. Era por volta de meia noite quando um vigilante foi rendido. “Eles chegaram dizendo que era um assalto, pegaram meu relógio, o do meu irmão e o computador do estabelecimento”, disse a vítima.

Outro local que também teria sido alvo dos suspeitos foi uma padaria no bairro Universal, em Viana. Testemunhas disseram que um dos suspeitos chegou a pedir pão e logo anunciaram o assalto. Eles mostraram a arma para a operadora de caixa e levaram todo o dinheiro. Depois do roubo, os acusados teriam fugido em um carro.

 Na última quarta-feira (27), João Victor e outro amigo foram presos suspeitos de participação no roubo de um carro. No banco da delegacia eles dormiram tanto que chegaram a babar.