• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dupla de jovens é assassinada com vários tiros por homens encapuzados em Cariacica

  • COMPARTILHE
Polícia

Dupla de jovens é assassinada com vários tiros por homens encapuzados em Cariacica

Segundo a polícia, Francisco Danilo Vieira Freitas e Eliseu Martins de Aguiar, ambos de 21 anos, estavam de moto quando foram baleados pelos criminosos, em Itaquari

Jovens passavam de moto pela Rua Engenheiro José Maria, quando foram baleados pelos criminosos Foto: Reprodução/Google Maps

Dois jovens foram mortos a tiros, na noite de sábado (10), no bairro Itaquari, em Cariacica. Segundo a polícia, Francisco Danilo Vieira Freitas e Eliseu Martins de Aguiar, ambos de 21 anos, passavam de moto pela Rua Engenheiro José Maria, quando foram baleados por dois indivíduos encapuzados, que estavam em um carro preto.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, Francisco levou mais de dez tiros e morreu na hora. Já Eliseu ainda tentou fugir dos criminosos e correu por cerca de 300 metros. No entanto, ele foi cercado pelos atiradores quando tentava se esconder dentro de uma lanchonete de cachorro quente e também foi morto com vários tiros.

Moradores da região disseram à equipe de reportagem da TV Vitória/Record TV que ficaram assustados com a grande quantidade de disparos. As balas perfuraram até relógios de medição de consumo de água de algumas residências, que foram consertados na manhã deste domingo. Diversas marcas de tiros ficaram espalhadas pela região.

Segundo a polícia, Francisco e Eliseu tinham várias passagens pela Justiça por tráfico de drogas, furto, entre outros crimes. Na hora do homicídio, eles estavam com documentos falsos. 

A polícia também informou que Francisco tinha um mandado de prisão em aberto. Ele era foragido da Justiça desde que fugiu do presídio, há cerca de dois meses. 

O caso será investigado pela Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Cariacica. Quem tiver qualquer informação que possa ajudar o trabalho da polícia deve entrar em contato com o disque-denúncia, pelo telefone 181. Não é preciso se identificar.