• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dono de açougue tem comércio assaltado seis vezes em menos de um ano em Cariacica

  • COMPARTILHE
Polícia

Dono de açougue tem comércio assaltado seis vezes em menos de um ano em Cariacica

As câmeras de segurança do estabelecimento flagraram toda a ação dos criminosos. Nas imagens, aparecem, por volta de 13h30, dois bandidos que anunciam o assalto

Foto: Divulgação

Comerciantes dos bairros Santo Antônio e Campo Verde, em Cariacica, sofrem com constantes assaltos na região. Quase todos os estabelecimentos já foram roubados. O proprietário de um açougue, no bairro Santo Antônio, foi assaltado seis vezes em menos de um ano, sendo que o último roubo aconteceu no último sábado (26).

As câmeras de segurança do estabelecimento flagraram toda a ação dos criminosos. Nas imagens, dois bandidos aparecem, por volta de 13h30. Um deles estava armado com uma escopeta calibre 12. Funcionários foram rendidos e, junto com os clientes, levados para a parte de trás do açougue.

O assalto durou cerca de meia hora. Os supostos assaltantes levaram dinheiro, carnes e bebidas. Outro cliente que chegava ao local no momento do assalto teve o carro roubado. O veículo foi usado na fuga.

Por toda a região de Santo Antônio, as histórias de assaltos a pontos de comércio são frequentes. No mesmo bairro, uma farmácia foi assaltada três vezes apenas este ano, assim como uma agência de ponto de apoio bancário. Para evitar novas ações, o proprietário colocou cimento no balcão de atendimento, deixando apenas um pequeno espaço para receber a população.

Polícia reafirma patrulhamento

O comandante da 4ª Companhia do 7° Batalhão em Cariacica, capitão Evandro, afirmou que a Polícia Militar atua diariamente na região com radiopatrulhas 24 horas. Ele orienta que os moradores e comerciantes formalizem as ocorrências de furtos e roubos na delegacia mais próxima para ajudar a polícia nas investigações e no desenvolvimento do mapa do crime. O capitão ressalta que a companhia está à disposição da comunidade pelo número 3254-5464. Em caso de disposição ou suspeita de crime, a comunidade deve acionar imediatamente o Ciodes, no número 190 ou Disque-denúncia 181.