• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Noite de confusão: quase 30 ocorrências registradas durante festa de rádio em praia de Camburi

Polícia

Noite de confusão: quase 30 ocorrências registradas durante festa de rádio em praia de Camburi

Segundo a Polícia Militar, a confusão começou quando um tiro foi disparado da área vip para o público na areia, próximo ao palco. Uma mulher foi baleada e levada para o Hospital São Lucas

Uma mulher foi baleada e ficou caída esperando atendimento médico Foto: Leitor/Whatsapp Folha Vitória Foto: Divulgação

O show de confusões presenciado por milhares de pessoas, que compareceram na noite do último domingo (27) a uma festa de uma rádio na praia de Camburi, em Vitória, será investigado pela Polícia Civil. Imagens de videomonitoramento da praia de Camburi e de bairros vizinhos serão analisadas para ajudar a polícia na identificação de suspeitos.

Segundo um balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), ao total, 28 ocorrências foram registradas no período entre 15 e 22 horas.

Os dados são referentes a crimes contra à pessoa, crimes contra o patrimônio e ocorrências de trânsito. Uma dona de casa foi atingida por uma bala perdida durante os shows. De acordo com a polícia, a tentativa de homicídio será investigada pela Polícia Civil, na Delegacia de Polícia de Jardim Camburi.  

Ônibus depredados e pessoas presas

De acordo com a Ceturb, 39 ônibus foram depredados. Três pessoas foram presas depois de uma briga dentro de um coletivo em Vitória. Um adolescente foi apreendido suspeito de assalto.

Mulher baleada e pessoas esfaqueadas

O evento realizado na praia de Camburi, em Vitória, neste domingo (27), terminou em tumulto e confusão. Uma mulher foi baleada, três pessoas foram esfaqueadas e uma foi pisoteada durante o evento. Segundo a Polícia Militar, a confusão começou quando um tiro foi disparado da área vip para o público na areia, próximo ao palco.

Associação quer fim de eventos na orla

Após o tumulto, moradores estão pedindo o fim da realização de eventos de grande porte na região.

De acordo com o presidente da Associação de Moradores da Mata da Praia, bairro próximo à praia, Sandoval Rigonni, diversos e-mails de moradores relatam tentativas de invasão a condomínios e queixas de falta de segurança no local.

Manhã de limpeza 

Pela manhã, moradores caminhavam enquanto os garis faziam o trabalho de limpeza. Um carro pipa foi utilizado para lavar o calçadão. 

Secretário disse que ficou preocupado com o número de pessoas Foto: Reprodução/TV Vitória Foto: Divulgação

“Público foi maior do que esperado”

O diretor executivo das Rádios da Rede Gazeta, Antonio Mendes Camilo, disse que o evento foi planejado e realizado para uma estimativa de 20 a 30 mil pessoas, mas na prática o número de presentes pode ter ultrapassado 50 mil. "O fato é que houve um público maior do que esperávamos. Apesar de todas as confusões, não tivemos nenhum registro de morte".

Sesp: policiamento era para 30 mil pessoas

Por sua vez, a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Espírito Santo disse que não divulga o número de efetivo da Polícia Militar empregado no evento, mas informa que a quantidade era suficiente para garantir a segurança de até 30 mil pessoas, conforme expectativa inicial da organização dos shows. Como o número de público foi muito maior, houve vários registros de confusões e brigas.

Vídeos mostram cenas de pânico e correria durante shows na orla de Camburi. Assista!