• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Funcionários são presos suspeitos de desviar R$ 340 mil de supermercado em Cariacica

  • COMPARTILHE
Polícia

Funcionários são presos suspeitos de desviar R$ 340 mil de supermercado em Cariacica

Lucas da Silva Pires, 20 anos, e Arthur Bertholini, 21 anos, passavam as compras, cobravam dos clientes e ficavam com parte do valor recebido

Foto: Reprodução/TV Vitória

Dois funcionários de um supermercado de Cariacica foram presos suspeitos de desviar cerca de R$ 340 mil do estabelecimento. Lucas da Silva Pires, 20 anos, e Arthur Bertholini, 21 anos, passavam as compras, cobravam e ficavam com parte do valor recebido.

Os suspeitos saíram da Delegacia Regional de Cariacica ainda com o uniforme do estabelecimento, isso porque foram presos durante o expediente de trabalho. A detenção aconteceu nesta quarta-feira (29).

Segundo a polícia, Lucas e Arthur trabalham como caixa. Eles encontraram uma forma de burlar o sistema e usar uma senha para cancelar produtos pagos. O esquema funcionava assim: o cliente passava 10 itens no caixa e pagava por toda mercadoria. Os suspeitos cancelavam parte da mercadoria, como se elas não tivessem sido vendidas, e ficavam com o dinheiro.

Sem gravar entrevista, o gerente do supermercado conversou com a equipe da Rede Vitória e contou que a dupla fazia parte do quadro de funcionários há menos de um ano e desviava dinheiro desde janeiro.

A direção só passou a desconfiar na última segunda-feira (27), quando uma cliente resolveu trocar uma mercadoria. Para a surpresa do estabelecimento, o produto que estava com ela e estava listado na nota fiscal, para o supermercado não havia sido vendido. Aparecia no sistema como compra cancelada.

Desconfiada, a gerência começou a observar pelas câmeras internas do local. A partir disso, a dupla foi flagrada pegando dinheiro do caixa. A polícia foi acionada. Na casa dos dois suspeitos foi apreendida uma quantia que ultrapassa R$ 80 mil em dinheiro.

Segundo a polícia, os detidos ostentavam passeios caros, veículos, joias e uma vida que não condizia com a remuneração da função deles. Os dois foram autuados por furto e já seguiram para o Centro de Triagem de Viana. A Polícia Civil informou que os dois foram autuados por furto qualificado, mas que Arthur também foi autuado por uso de drogas para consumo.