• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Pai de criança assassinada em Guarapari é preso e autor dos disparos identificado

Polícia

Pai de criança assassinada em Guarapari é preso e autor dos disparos identificado

A família é natural de Aracruz e estava morando em Guarapari, quando foram surpreendidos pelo assassino

Aline Couto

Redação Folha da Cidade
Foto: Divulgação PC
Jaques foi preso nesta tarde (12) no Centro de Guarapari. 

O assassinato de Enzo Gabriel Ribeiro, de 4 anos, foi esclarecido pela Polícia Civil (PC). O crime também deixou os pais da criança, Aline Ribeiro de Nardi, 24 anos e Jaques de Jesus Ferreira, 27 anos, feridos. A família é natural de Aracruz e estava morando em Guarapari.

Segundo o delegado Franco Malini, titular da Delegacia Especializada de Proteção à Pessoa – DHPP de Guarapari, as investigações apontaram que o alvo dos disparos era o pai de Enzo devido a questões familiares. O autor dos disparos foi identificado como Lusmário Batista, 27 anos, ex-cunhado de Jaques.

Foto: Divulgação PC
Lusmário, autor dos tiros que matou Enzo, continua foragido.

Os três foram baleados no bairro Concha D´'Ostra em Guarapari na tarde do último sábado (10), quando Aline e Jaques estavam trabalhando na construção da casa própria em um terreno do bairro. Enzo  estava no local brincando. 

De acordo com as primeiras informações, Lusmário chegou atirando e atingiu as pernas da mãe da criança e o braço do pai, que fugiu do local. Aline foi socorrida e levada para um hospital. A criança foi atingida por dois disparos e acabou morrendo. 

O assassino foi casado com a irmã de Jaques e efetuou os disparos para se vingar de um tiro que o ex-cunhado teria efetuado contra ele há seis anos. Lusmário continua foragido. Jaques, que havia fugido do local do crime, foi preso nesta segunda-feira (12), no Centro de Guarapari. Ele tinha um mandado de prisão em aberto.

O delegado Franco Malini, titular da Delegacia Especializada de Proteção à Pessoa (DHPP) de Guarapari frisou que a polícia está trabalhando com a hipótese de Lusmário ter atirado em Aline e Enzo de propósito, e não porque queria atirar em Jaques. 

Ainda segundo a polícia, Jaques estava em um lado da construção e a família do outro, com isso, o criminoso teve a chance de atirar somente em Jaques.

Foto: Divulgação PC
A mãe Aline, o menino Enzo e o pai Jaques foram alvos de tiros no último sábado.