• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Assaltado quatro vezes, adolescente teme frequentar colégio em Vila Velha

  • COMPARTILHE
Polícia

Assaltado quatro vezes, adolescente teme frequentar colégio em Vila Velha

Devido à violência, a diretora protocolou, no dia 14 de março, um ofício junto à Polícia Militar, pedindo reforço no policiamento nos horários de entrada e saída de alunos

Adolescente vive com medo Foto: Divulgação

Aos 13 anos, um adolescente tem medo de ir à escola. O motivo? A violência que toma conta do bairro Cobilândia, em Vila Velha. O menor está traumatizado após sofrer o quarto assalto a caminho da escola, o segundo em menos de uma semana. O pai do adolescente, um corretor de planos de saúde, de 49 anos, afirma que precisou trocar o filho de horário da escola. “ Os dois primeiros assaltos aconteceram no ano passado. O restante, neste ano. Eu precisei trocar o turno dele porque ele tinha medo de freqüentar o colégio”, conta.

A diretora da escola não quis gravar entrevista, mas disse que o assalto não acontece apenas aos alunos, já que a violência atinge também os professores. Segundo ela, somente na semana passada, três docentes foram vítimas de roubos.

Devido à violência, a diretora protocolou, no dia 14 de março, um ofício junto à Polícia Militar, pedindo reforço no policiamento nos horários de entrada e saída de alunos. Segundo a diretora, uma viatura fez rondas na região durante um tempo, mas a ação não continuou. Na manhã desta quinta-feira (4), a diretora fez um novo pedido de policiamento. Segundo o comandante da Polícia Militar, capitão Braga, o reforço na segurança será feito.