• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cadeirante e filho são expulsos de casa por traficantes em Vila Velha

Polícia

Cadeirante e filho são expulsos de casa por traficantes em Vila Velha

A residência da idosa e do gesseiro foi invadida por criminosos que queriam esconder armas e drogas. Eles acionaram a polícia e não sabem para onde ir

As vítimas passaram a noite na delegacia Foto: TV Vitória

Mãe e filho, moradores de Jaburuna, em Vila Velha, não sabem onde vão morar a partir de agora. De acordo com eles, criminosos invadiram a casa em que moravam e esconderam armas e drogas, na tarde da última segunda-feira (19). A idosa, de 69 anos, que é cadeirante, passou a noite na delegacia junto com o filho, um gesseiro de 39 anos. Eles saíram da residência com a ajuda dos policiais e afirmam que correm o risco de morte se voltarem. 

Os dois estavam na residência quando criminosos entraram no local. “Eles abriram o portão, entraram, guardaram as armas lá em casa e eu tive que sair. E a gente não pode falar nada”, contou o gesseiro.

Enquanto mãe e filho estavam assustados, os criminosos se divertiam com a situação. “Eles estavam dentro do meu quarto e eu na sala, e de lá eles ficaram rindo de mim. Eu estava com medo”, disse o filho da cadeirante. 

Segundo as vítimas, no morro a lei é a do tráfico. Não é a primeira vez que criminosos entram em casas de moradores, e ninguém pode se opor. “Nós não podemos fazer nada, pois são eles que mandam. Eles entram na sua casa a hora que eles querem e fazem o que querem”, afirmou o gesseiro. 

O gesseiro não aguentou. Para ele o abuso foi intolerável e ele resolveu acionar a PM. As armas foram entregues na Delegacia Regional de Vila Velha, mas os problemas da família não terminaram.

De acordo com a polícia, mãe e filho chegaram na delegacia e passaram a noite inteira no local. Eles permanecem sem saber para onde vão. “Ficar sem lugar de morar, sem comer, porque não tem as coisas. Tudo ficou lá”, disse a idosa.

A Polícia Civil informou que recebeu a ocorrência no início da madrugada desta terça-feira (20), ouviu o depoimento da família e encaminhou o caso para o Distrito de Polícia de Vila Velha para seguir com investigação. Ainda de acordo com a polícia, outros agentes do poder público são os responsáveis por prestar assistência e desenvolver políticas de ação social.

A Prefeitura de Vila Velha informou que não oferece abrigo para proteção familiar nesse caso especifico.

Outro caso

E esse não foi o único caso de traficantes que expulsaram pessoas de casa neste mês. No último dia 2 outra família viveu momentos de medo, no bairro Boa Vista, em Vila Velha, e também teve que ser resgatada pela polícia.