• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Assassino de Glauco é acusado de mais uma morte

  • COMPARTILHE
Polícia

Assassino de Glauco é acusado de mais uma morte

Goiânia - O estudante Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, o Cadu, de 28 anos, vai responder por latrocínio (roubo seguido de morte), por causa da morte do agente prisional Marcos Vinícius Lemes da Abadia, há uma semana. Ele está preso na área de segurança máxima do Complexo Penitenciário de Aparecida de Goiânia e agora responderá por cinco crimes em Goiás.

Cadu é o assassino confesso do cartunista Glauco Villas Boas e do filho dele, Raoni, em 2010. Embora seja estudante de Psicologia em uma universidade particular da capital goiana, o rapaz sofre de esquizofrenia paranoide e, por isso, foi considerado inimputável pela Justiça.

A acusação contra Cadu foi reforçada nesta semana pelo promotor de Justiça Fernando Braga Viggiano, da 18ª Promotoria de Goiânia, que ofereceu aditamento à denúncia inicial, do dia 16. Cadu passou a responder pelo latrocínio do estudante universitário Matheus Pinheiro de Morais, de 18 anos, receptação de carros roubados, porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada e, agora, latrocínio de Abadia.

Internação

O agente prisional estava internado, inconsciente, havia mais de 50 dias, após ser baleado por Cadu na cabeça, durante uma tentativa frustrada de tomar o carro da vítima. Ele morreu há uma semana.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.