• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mãe é inocentada após acusação de abuso a filho de seis anos em Vitória

  • COMPARTILHE
Polícia

Mãe é inocentada após acusação de abuso a filho de seis anos em Vitória

Laudo do Departamento Médico Legal informou que criança se machucou sozinha. Mulher afirma que acionará a Justiça, mas ação da profissional é amparada no Estatuto da Criança

Caso foi investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente Foto: TV Vitória

Na semana passada, uma mulher foi encaminhada à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente por suspeita de abusar sexualmente do próprio filho, uma criança de seis anos. Depois de provada sua inocência, a mãe afirma que irá acionar a Justiça. “Fui muito humilhada, o pai do meu filho chamou o Conselho Tutelar para tirar a criança de mim, mas nada foi encontrado”, afirmou.

O caso teve início no dia 20 de outubro. Brincado, o menino acabou por se ferir na região do ânus. A mãe, que tem 31 anos, levou a criança ao hospital no dia seguinte pela manhã e a médica, depois de examinar o machucado, afirmou que a criança não seria capaz de se ferir sozinha.

Segundo a mãe, a situação ficou mais complicada depois que a avó paterna do menino entrou na sala e informou à médica que a mãe já foi usuária de drogas. A polícia foi chamada e encaminhou o caso para a DPCA. 

Nesta quarta-feira (29), ficou comprovado por meio de um laudo do Departamento Médico Legal que o menino se machucou sozinho.  

O delegado da DPCA, Erico Mangaravite, informou que o procedimento da médica foi correto. “Em caso de suspeita de crimes contra a criança ou adolescente, o Estatuto prevê que os profissionais de saúde devem acionar o Conselho Tutelar ou a polícia”, explicou.