• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Duas padarias são assaltadas em menos de uma hora em Vitória

Polícia

Duas padarias são assaltadas em menos de uma hora em Vitória

Os dois crimes aconteceram em menos de uma hora, mas em ambos os casos, os suspeitos esperaram o movimento de clientes diminuir para assaltar o local

Foram assaltadas padarias dos bairros Jardim Camburi e Vila Rubim Foto: TV Vitória

Duas padarias foram alvo de assaltantes na tarde da última quinta-feira (27), em Vitória. Os dois crimes aconteceram em menos de uma hora, mas em ambos os casos, os suspeitos esperaram o movimento de clientes diminuir para assaltar o local.

O primeiro caso aconteceu no bairro Jardim Camburi. As imagens do circuito interno de segurança da padaria flagraram o momento da ação do suspeito. A funcionária estava sozinha no local, quando um homem entrou demonstrando tranquilidade. Após a balconista entregar o dinheiro, ele saiu da loja e correu assustado. Foi a funcionária de uma loja em frente quem gritou por socorro.

Esse assalto aconteceu por volta das 17h30 em uma das ruas mais movimentadas do bairro. Testemunhas acreditam que o suspeito estava vigiando o local, pois esperou a padaria esvaziar para agir. A ação foi rápida e durou cerca de dois minutos.

Pouco tempo depois, na Vila Rubim, também na capital, outra padaria foi alvo de assaltantes. Dessa vez, o crime foi cometido por dois suspeitos, que chegaram até o local de moto. Enquanto um deles realizava o assalto, o outro ficava do lado de fora para dar cobertura.

O dono da padaria acredita que o local também estava sendo vigiado, já que o assalto aconteceu minutos depois que ele saiu. “Eles foram rápidos. Entraram e enquadraram a funcionária pedindo o dinheiro e para ela não falar alto. Foi questão de dois minutos”, afirmou ele.

De acordo com testemunhas, após a ação, os suspeitos montaram na moto e seguiram em direção ao Morro do Quadro. Além do assalto, eles ainda teriam jogado a moto em cima de uma mulher que passava pela rua com uma criança de colo.

Além dos alvos serem padarias localizadas na capital, os crimes têm outras coincidências. Tanto o comércio da Vila Rubim, quanto o de Jardim Camburi, ficam próximos de câmeras de monitoramento da prefeitura. Nos dois casos, ninguém foi preso.

Nos dois estabelecimentos assaltados a polícia foi acionada. Apesar da viatura ter chegado de forma rápida, ninguém foi preso. Para os comerciantes, o que fica é a sensação de insegurança e impotência. “É complicado. A gente acorda cedo para trabalhar e manter um negócio aberto e com dois meses eu já fui premiado com esse assalto”, desabafou um deles.