• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mãe, filha e genro integram quadrilha presa na Grande Vitória

  • COMPARTILHE
Polícia

Mãe, filha e genro integram quadrilha presa na Grande Vitória

Grupo era integrante da quadrilha de Frankle Adílio dos Santos, detido em setembro suspeito de assassinar policial nas imediações de uma boate em Cariacica

Membros de quadrilha foram presos em três municípios da Grande Vitória Foto: Thiago Pimental/TV Vitória

A polícia desbaratou nesta quinta-feira (6) uma quadrilha que atuava com tráfico de drogas na Grande Vitória. A Operação Coringa, realizada pela Policia civil em Vila Velha, Cariacica e Serra, resultou na prisão de quatro pessoas e na apreensão de dois quilos de crack, 20 pedras prontas para serem vendidas, mais de um quilo de maconha e R$ 400.

A investigação do Grupo de Operações Especiais teve a duração de seis meses. Entre os presos, estavam Maria de Nazaré da Conceição e Laís da Conceição Leal, mãe e filha, que eram as fornecedoras da quadrilha que atuava em Vila Velha e foram presas em casa, no bairro Campo Verde, Cariacica. 

Maria de Nazaré, de 42 anos, já tinha passagem pela polícia por trafico de drogas. Segundo os policiais, a filha dela, Laís, 19, também já tinha um mandado de prisão pelo mesmo crime. A jovem é namorada de Manolo Nogueira Pessotti, de 30 anos, preso em Itaparica, Vila Velha; segundo Eduardo Carvalho, delegado responsável pela operação, Manolo era o gerente do grupo. O quarto preso é Marcos Junior dos Santos, o “Bocão”, que foi detido no Bairro Industrial, na Serra.

Morte de policial desencadeou ação

Em entrevista coletiva, o delegado explicou que o grupo preso era integrante da quadrilha de Frankle Adílio dos Santos, detido em setembro suspeito de assassinar o policial Carlos Leno nas imediações de uma boate em Cariacica em 2013. Agora, os policiais procuram Igor Sartori, conhecido como Iguinho, o último integrante do bando que ainda está foragido.