• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mãe acusa namorado de sequestrar filha de um ano em Vila Velha

  • COMPARTILHE
Polícia

Mãe acusa namorado de sequestrar filha de um ano em Vila Velha

Segundo a mãe, a criança foi raptada por Marlon Schumacher Franco, de 34 anos. O homem seria namorado dela. O motivo do suposto rapto seria uma crise de ciúmes do suspeito

A mãe diz estar aliviada após ter as filhas nos braços novamente, após susposto sequestro Foto: TV Vitória

O suposto sequestro de um bebê, de apenas um ano e nove meses, deixou a mãe em pânico, na noite da última quarta-feira (03). 

Segundo a mãe, a criança foi raptada por Marlon Schumacher Franco, de 34 anos. O homem seria namorado dela. O motivo do suposto rapto seria uma crise de ciúmes. “Ele me obrigava a fazer programas para bancar os custos de vida dele. Custos de moto, vícios, todos os custos. Eu fui atender um cliente sendo monitorada por ele, induzida por ele. Ele me levou até o cliente em um bar, eu não sei o que houve, ele estava em outra mesa me vigiando. Acho que ele ficou com ciúmes, pegou a moto e saiu com a minha filha”, relata a mulher.

A mãe contou que se desesperou quando não encontrou a filha. Ela disse que foi até a delegacia de Vila Velha e registrou boletim de ocorrência. Em seguida, conseguiu contato com o suspeito e marcou encontro com o namorado em Vitória. Mas ele não apareceu.

O suspeito marcou um novo encontro com a vítima, desta vez no bairro Praia da Costa, em Vila Velha. O homem levava a menina no tanque de combustível da motocicleta. Atitude que chamou atenção dos moradores, que acionaram os agentes da Guarda Municipal que faziam patrulhamento na região.

Em entrevista para a imprensa, o suspeito negou que tenha sequestrado a criança Foto: Reprodução/TV Vitória

Quando a viatura se aproximou, o suspeito se assustou e tentou abandonar a moto. “Encontramos ele com a criança no colo e fora da moto. Fizemos a abordagem e constatamos que ele estava muito alterado. Parecia que ele estava fazendo uso de bebida ou entorpecente, e ele falou que era o pai da criança. Foi perguntado onde estava a mãe da criança, e a mãe se manifestou do outro lado da rua afirmando que o homem teria sequestrado a filha”, diz o agente Sotele da Guarda Municipal.

Na viatura e algemado, o suspeito negou  o sequestro, mas confessou que já bateu na menina. “Como que você sequestra uma coisa que é sua e está com você? Eu e minha esposa saímos de casa juntos ontem. Eu não agrido a criança, você corrigir, dar um tapa na bunda é uma coisa. Pode filmar e fazer o que quiser, porque eu jamais faria isso”, conta o suspeito.

A mãe da menina ficou aliviada em ter a filha nos braços, e disse que pretende se afastar do suspeito. “Eu vou tentar sumir, ir embora, sumir de Vila Velha, de Vitória, do Espírito Santo. Não importa se ele vai ficar preso ou não, o que importa é que eu estou aliviada que eu estou com a minha filha viva, porque ele é um homem violento”, completa a vítima.