• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mãe reconhece corpo de jovem que desapareceu e enterro acontece nesta quarta na GV

  • COMPARTILHE
Polícia

Mãe reconhece corpo de jovem que desapareceu e enterro acontece nesta quarta na GV

O corpo de Jéssica Oliveira, 19 anos, foi encontrado em avançado estado de decomposição no último domingo (7), na localidade de Cangaíba, Cariacica

A moça sumiu no 29 de novembro Foto: Divulgação

A mãe da jovem capixaba Jéssica Oliveira, 19 anos, esteve no Instituto Médico Legal (IML) na noite de terça-feira (9) para reconhecer e liberar o corpo da filha. Abalada, Karla Nogueira tenta encontrar na fé, forças para suportar a dor da perda.

“Deus ainda foi muito bom. Ele deixou a tatuagem do braço dela de forma visível. Com isso, pudemos identificá-la. Deus preservou a tatuagem do braço dela com a frase 'protegida por Deus' preservada. A aflição acabou e eu vou poder enterrar a minha filha”, disse.  O enterro da jovem está marcado para acontecer ainda nesta quarta-feira (10).

O corpo de Jéssica foi encontrado em avançado estado de decomposição no último domingo (7), na localidade de Cangaíba, Cariacica.  O local onde o corpo foi encontrado é de difícil acesso por causa da quantidade de pedras e árvores. De acordo com a polícia, havia partes do corpo espalhadas pela trilha. No local, Jéssica já havia sido reconhecida por uma tia, que disse que só foi possível identificá-la através de uma tatuagem. 

A mãe da jovem agradeceu a todos que deram apoio durante os dias de aflição e ansiedade. Agora, o único desejo é por justiça. “Pode passar o tempo que for. Pode ser daqui um, dois, três ou 20 anos. Eu vou achar o culpado. Eu caso não pode ficar impune”, desabafou. 

Desaparecimento

Jéssica desapareceu, na noite do dia 29 de novembro, após sair com algumas amigas para uma festa no bairro Flexal, em Cariacica. Após sair da festa, a jovem foi de ônibus até o Terminal de São Torquato, em Vila Velha, junto com uma adolescente de 15 anos. Do local, as jovens seguiram para o Terminal de Jardim América, em Cariacica, onde pegaram uma carona com a cunhada de Jéssica.

As três foram para o bairro Nova Brasília, também em Cariacica. Um rapaz, em uma moto, teria dado carona para a jovem e para a menor. Após deixar a adolescente em casa, Jéssica desapareceu. 

Protesto

A família de Jéssica pretende realizar uma caminha até o cemitério São João Batista, em Cariacica, para homenagear a jovem. A caminhada deve sair da igreja onde o corpo será velado em direção ao cemitério em que a jovem será sepultada.