• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dupla rouba carro, sai para comemorar e acaba detida na Serra

  • COMPARTILHE
Polícia

Dupla rouba carro, sai para comemorar e acaba detida na Serra

Os criminosos chamaram o motorista através de um aplicativo de celular

Uma dupla foi detida após ser acusada de assaltar um motorista que faz corridas através de aplicativo, na Serra. Os suspeitos levaram o carro da vítima e ainda saíram para comemorar. Como o veículo tinha rastreador, eles foram encontrados e presos.

“Eu não tenho nenhuma passagem pela polícia. Tenho 25 anos já e não tenho passagens, nunca fiz nada de errado, nem usar drogas eu uso”, afirmou Danilo Costa Perego, de 25 anos, suspeito de participação no crime.

Mesmo com a afirmação, Danilo foi preso na última quinta-feira (28). Segundo a polícia, acompanhando de um adolescente, ele assaltou o motorista. A dupla embarcou em Jardim Limoeiro, próximo a um campo society, e disse que o destino seria Jacaraípe.

O motorista seguiu pela ES 010 até que um dos jovens colocou uma arma no pescoço dele, anunciou o assalto e deu um mata leão nele. A vítima foi obrigada a descer do carro e os assaltantes fugiram com o veículo com tudo o que havia dentro: celulares, dinheiro e até uniforme de trabalho.

Assim que os assaltantes se afastaram, o motorista pediu ajuda em uma empresa e acionou o Ciodes. O carro tinha rastreador e a polícia foi atrás dos suspeitos no bairro Novo Horizonte, também na Serra.

Conforme o que foi relatado na ocorrência policial, o motorista seguiu junto com os PMs. O carro estava na rua, no local indicado pelo GPS. Próximo ao veículo havia um grupo de jovens. Entre eles, os dois apontados como assaltantes. Eles estavam comendo, bebendo e se divertindo, como que se nada tivesse acontecido, mas foram reconhecidos pelo motorista.

Segundo Danilo, tudo não passou de um mal entendido. Ele diz não saber porque foi abordado pela polícia e acredita ter sido confundido. “Eu estava junto com o pessoal conversando e o policial chegou e mandou eu encostar na parede. Estávamos na frente de uma casa em uma festa’, disse o acusado.

Danilo e o adolescente foram levados para a Delegacia Regional da Serra. Mesmo negando, os dois foram autuados. Nesta sexta-feira (29), o menor foi encaminhado para o complexo do Iases. Já Danilo foi transferido para o Centro de Triagem de Viana, ainda afirmando que não fez nada.