• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Suzane Von Richthofen ganha autorização para estudar na cadeia

Polícia

Suzane Von Richthofen ganha autorização para estudar na cadeia

Detenta cumpre pena desde 2002 por ter matado os pais

Richthofen vai estudar dentro da cadeia Lumi Zunica/R7

Suzane Von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão por ter matado os pais em 2002, recebeu autorização para estudar dentro do presídio.

Richthofen cumpre pena desde 2002 na penitenciária Santa Maria Eufrásia Peletier, a P1 de Tremembé (SP), no interior de São Paulo.

A Justiça já tinha dado parecer favorável para que ela estudasse no presídio. Porém, a diretora da penitenciária alegou, no ano passado, que faltava equipe e infraestrutura na instituição para auxiliá-la nos estudos.

Em solicitação ao novo pedido encaminhado pela Defensoria, a direção do presídio confirmou que Richthofen e outra presa terão à disposição um computador para os estudos e serão monitoradas por funcionários.

Suzane Von Richthofen prestou Enem em 2016 e foi aprovada no curso de Administração da Faculdade Anhanguera, na cidade de Taubaté, no interior de São Paulo, mas desistiu de fazer o curso presencialmente.

A detenta optou pelo curso à distância e foi informada de que não terá acesso à internet. Todo o material didático será encaminhado para ela por meio de mídias.

Confira, na íntegra, a nota da SSP

A Secretaria da Administração Penitenciária informa que no final de 2016 algumas presas do regime semiaberto da Penitenciária Feminina "Santa Maria Eufrásia Pelletier" de Tremembé I realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e, após serem aprovadas, demonstraram o interesse de se matricularem no ensino superior. Sendo assim, a direção da unidade entrou em contato com diversas universidades solicitando o envio de representantes para dialogarem com as detentas. Uma das universidades mandou um representante que apresentou para as presas cursos que poderiam ser realizados na modalidade a distância, utilizando o computador de forma offline, sendo que quatro reeducandas se interessaram. A diretora solicitou autorização judicial e do secretário da Pasta, ambas foram concedidas. Ressalvamos ainda que como o fim do ano está próximo, o contato com a universidade para a iniciação das aulas a distância será retomado no começo de 2018. Informamos ainda que o processo da presa Suzane Von Richthofen está sob sigilo de Justiça e que a Pasta somente cumpre decisões judiciais.