• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mulher morta com 30 facadas em VV estava grávida, diz família

Polícia

Mulher morta com 30 facadas em VV estava grávida, diz família

A mulher foi enterrada na manhã desta sexta-feira (27), em um cemitério na Ponta da Fruta. A criança que ela esperava seria do acusado, de acordo com parentes

Sabrina estava grávida de dois a três meses Foto: TV Vitória

A família de Sabrina de Oliveira Mendes, de 35 anos, morta com 30 facadas pelo ex-companheiro, em Vila Velha, afirmou que a vítima estava grávida. O filho, segundo os familiares, seria do acusado. 

A mulher foi enterrada na manhã desta sexta-feira (27), em um cemitério na Ponta da Fruta, também em Vila Velha. De acordo com o irmão de Sabrina, durante a autópsia no Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, médicos legistas constataram que ela esperava um bebê.

“Ela já tinha desconfiança dessa gestação, mas não tinha certeza, mas no momento da autópsia a equipe que a atendeu percebeu que ela estava grávida, de dois a três meses”, disse Vanderson Mendes, irmão da vítima. 

Irmão e mãe estiveram no enterro Foto: TV Vitória

Ainda abalada, a mãe da mulher acredita que a intenção de Fábio Meirelles Ferreira, de 45 anos, suspeito pelo crime, era cometer uma chacina. “Minha filha se entregou por mim, pois o alvo dele parece que era acabar com a família e a deixar por último, mas ela foi primeiro”, contou Elzira Mendes.

A mãe também disse que, desde o início do relacionamento do casal, em 2014, os dias da vítima e de toda família foram de constantes ameaças. Sem aceitar o fim do namoro, Fábio chegou a manter Sabrina em cárcere privado.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, o Departamento Médico Legal confirmou que a vítima estava grávida, mas o laudo ainda não foi emitido.