• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após desconfiar de traição, lavrador mata caseiro com golpes de faca no interior de Castelo

Polícia

Após desconfiar de traição, lavrador mata caseiro com golpes de faca no interior de Castelo

O autor do crime chegou a ser detido no fim da tarde do último domingo (3), mas foi ouvido e liberado por estar fora do prazo de flagrante. A faca usada no assassinato não foi localizada pela polícia

Um caseiro de 41 anos foi assassinado com golpes de faca na localidade de Pedra da Onça, no interior de Castelo. O corpo foi encontrado pelo patrão da vítima na manhã do último domingo (3). Na tarde do mesmo dia, o autor do crime foi detido e, após ser ouvido na Delegacia Regional de Cachoeiro, foi liberado por estar fora do prazo do flagrante.

De acordo com informações da Polícia Militar, o proprietário da fazenda esteve no local, por volta das 7h50, e encontrou o corpo de Dejaci Ferreira da Silva caído no chão e ensaguentado. Ele acionou a polícia, que constatou que a vítima estava sem vida. O caseiro foi atingido com dois golpes, um no braço esquerdo e outro no peito.

A polícia apurou que na noite anterior uma mulher esteve na casa de Dejaci e, minutos depois, um homem também teria entrado no local. Os vizinhos não perceberam nenhuma movimentação estranha e não ouviram barulhos.

Por volta das 16h40, a PM recebeu denúncias de que o autor do crime estaria na localidade de Pedregulho, zona rural do município. No local apontado, encontraram o lavrador de 36 anos, que confessou o crime. Ele contou que tinha tido uma discussão com a esposa na noite do último sábado (2), e que ficou sabendo que ela tinha ido para a casa de Dejaci.

O lavrador foi até o local, e logo em seguida a esposa saiu. Nesse momento, os dois entraram em luta corporal e autor desferiu os golpes contra a vítima. Após o crime se escondeu em um matagal e na manhã seguinte, seguiu para a casa da mãe, na localidade onde foi encontrado. A Polícia Civil de Castelo vai continuar com as investigações sobre o caso.