Câmara de Vitória barra aumento casado de salários na PMV

De xifópago a Frankenstein

Ao enviar à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei 113/19, que concede 4% de recomposição inflacionária aos servidores da Prefeitura de Vitória, o prefeito Luciano Rezende (CIDADANIA) entregou uma espécie de projeto “xifópago”, que estendia o reajuste aos secretários municipais, além dele próprio e do vice prefeito Sérgio de Sá (PSB). Como na hora da votação se pensou até em  incluir os vereadores no bolo, teve quem chamasse a iniciativa de projeto Frankenstein.

Bate rebate

Como toda iniciativa impopular, o projeto tramitou em regime de urgência, quase passou batido, mas um grupo de vereadores percebeu a tempo de impedir a aprovação. Depois de um debate acalorado, com a sessão derrubada para se fazer uma nova, extraordinária, prevaleceu o bom senso, e o grupo de vereadores conseguiu emendar o projeto enviado pelo prefeito.

Fica pra próxima

A iniciativa do Executivo foi considerada inconstitucional, e os “gêmeos xifópagos”, em vez de se transformarem em um Franskenstein, tiveram uma “operação” bem sucedida e foram separados. Assim, o projeto aprovado concedeu apenas aos servidores da PMV os 4% a mais nos salários. Os agentes políticos vão ter de esperar nova oportunidade.

Pai da criança

A assessoria de comunicação do senador Marcos Do Val (CIDADANIA) provocou mal estar nesta quinta (8), ao dar como iniciativa dele a liberação de R$ 24 milhões de uma emenda de bancada para a área da segurança pública. O material foi divulgado nas redes sociais, mas, diante das reclamações de outros parlamentares federais, foi apagada em seguida.

Crescendo aos poucos

O NOVO não quer depender de recursos públicos para fazer política. Com isso, definiu que só vai lançar candidatos onde tiver 150 filiados ou mais – por uma questão financeira mesmo. O problema é que, para 2020, o partido terá candidatos a prefeito apenas em 22 cidades.

Novo presidente

A Câmara de Vereadores de Marataízes elegeu na noite desta quinta (8) seu novo presidente, depois que a Justiça cassou o anterior, William Duarte (MDB). O eleito é Erimar Lesqueves (PHS).

Foto da coluna: Folha Vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *