Feminicídio em debate na Assembleia

Feminicídio

Na próxima quinta (13), a Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa debate a violência contra a mulher. Em 2019, até agora, 18 mulheres morreram vítimas de feminicídio no ES – aumento de quase 30% com relação ao mesmo período do ano passado.

Atendimento

A procuradora da mulher na Ales, deputada Janete de Sá (PMN), informa ainda que, na próxima sexta (14), o órgão vai ao município de João Neiva, a convite da ONG Ação Social Movendo Vidas, para atendimentos gratuitos sobre o direito da mulher.

Quem vem

Na próxima quinta (13), o ES vai receber o embaixador da Tailândia, Surasak Suparat. Ele vem participar de um encontro cultural gastronômico promovido pela Federação do Comércio do ES (Fecomércio).

Jornalismo investigativo

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) vai realizar o 14º Congresso Internacional, entre os dias 27 e 29 de junho, em São Paulo.

Presenças

O evento vai contar com profissionais do New York Times e Buzzfeed. Entre os temas estão os desafios da cobertura nas áreas de política e segurança pública, o jornalismo na Amazônia e nas periferias.

Fake News

A Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel) participou do lançamento do Painel Multissetorial de Checagem de Informações e Combate a Notícias Falsas, realizado na última terça (11), no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília.

Bom senso

Sobre a não inclusão de estados e municípios na proposta da Reforma da Previdência – anunciada hoje pelo relator, deputado federal Samuel Moreira (PSDB/SP) -, contrariando costura feita na última terça (11) no Fórum dos Governadores em Brasília, o governador Renato Casagrande (PSB) disse que continua esperando bom senso da Câmara.

Avaliação

Para Casagrande, é necessário haver uma avaliação no Congresso sobre o que, de fato, significaria perder capital político. Se servidores são contra, existe uma parte considerável da população favorável à inclusão de estados e municípios na proposta. Os governadores vão articular agora a inclusão por meio de destaque, quando o projeto for à votação em plenário.

Ilustração da coluna: reprodução internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *