Pregão para compra de passagens aéreas é contestado em Cariacica

Voo rasante 

Repercutiu nesta sexta (27), nas redes sociais, a decisão da Prefeitura de Cariacica de abrir pregão eletrônico para o agenciamento e fornecimento de passagens aéreas. O valor estipulado no edital – R$ 440 mil – atingiu “altitude de cruzeiro” e deu asas à oposição, que voa alto nas críticas. O vereador Professor Elinho (PV) é o mais indignado. “Com esse valor, é possível dar a volta ao mundo seis vezes em família”, afirma.

Trem de pouso

A Prefeitura de Cariacica informou que a publicação em Diário Oficial trata de Ata de Registro de Preço e que, nesta modalidade, sempre se contrata um valor superior ao que se planeja utilizar, devido à burocracia, mas que o valor integral não necessariamente será utilizado. Em 2018, o Município desembolsou R$ 49,2 mil em passagens aéreas e, em 2019 (até o momento), R$ 51,2 mil. O edital vale por 12 meses, entre novembro deste ano e novembro de 2020.

Tombamento

Ainda sobre o processo de tombamento do sítio histórico do centro de Santa Teresa, abordado na última coluna. Quem é contra alega que o Estado é ineficiente na gestão do patrimônio histórico, e que esse ônus cairá nos ombros dos proprietários dos imóveis. E lembra de outros sítios espalhados pelo ES, os quais se encontram em situação precária, como Itapina (Colatina), Muqui e Centro de Vitória. A CDL de Santa Teresa ajuizou ação popular nesta sexta (27) na Comarca do Município.

Tombamento II

Quem é a favor diz que o grupo contrário é avesso ao diálogo, e teria comparecido à Audiência Pública da Secult – realizada na Câmara de Vereadores dia 29 de agosto – com o intuito de tumultuar. Uma coisa é certa: essa divisão na comunidade obriga o Governo do Estado e a Prefeitura de Santa Teresa a ampliarem o debate, até para angariar apoio popular mais consistente ao projeto. Afinal, é uma decisão que impacta de forma consistente o futuro do município. 

Contramão

Desde abril de 2012 no cargo, Céia Poubel foi exonerada nesta sexta (27) da função de Coordenadora de Prevenção e Violência Contra a Mulher da Prefeitura de Vila Velha. Fonte da coluna credita a queda à entrada dela no PODEMOS, presidido pelo vereador Bruno Lorenzutti, muito próximo do também vereador Arnaldinho Borgo (MDB), este, adversário contumaz do prefeito Max Filho (PSDB).

Contramão II

Céia Poubel já foi filiada ao PSB, mas rachou com o partido em 2016 ao apoiar Max Filho na eleição, contrariando o governador Renato Casagrande, que na ocasião apoiou a candidatura a prefeito do deputado estadual Rafael Favatto (PATRIOTA).

Agenda

Nesta sexta (27), o presidente da Assembleia Legislativa, Erick Musso (REPUBLICANOS), cumpriu agenda em Linhares, no norte do ES. Visitou uma indústria de motores, foi ao aeroporto regional do município e, em seguida, participou de encontro do partido na Câmara Municipal. Além do presidente da Câmara, Ricardo Bonomo, o Ricardinho da Farmácia, a sigla reuniu o deputado federal Amaro Neto e o deputado estadual Hudson Leal, entre outros filiados.

Chip FM

Em tramitação na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 8.438/17 obriga a inserção e habilitação do chip FM em todos os celulares fabricados e montados no Brasil. Atualmente, para ouvir rádio no telefone é necessário usar o pacote de dados de internet contratado das operadoras. O projeto garante a gratuidade.

Chip FM II

O relator do PL é o deputado federal Amaro Neto (REPUBLICANOS/ES), que é jornalista. O projeto deve entrar em votação na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços na próxima quarta (3/10).

Foto da coluna: Reprodução / Internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *