Alegre não oferta especialidades médicas desde julho

Suspendeu

Desde o dia 3 de julho ninguém é atendido no município de Alegre, no serviço de especialidades médicas ofertado pelo SUS. É que a prestadora de serviço que realiza as consultas suspendeu os atendimentos devido aos atrasos no pagamento, por parte da prefeitura. A relação contratual é por meio de consórcio público.

Notificou

Isso levou a Promotoria de Justiça de Alegre – órgão do MPES – a notificar o prefeito e o secretário municipal de Saúde a restabelecer os atendimentos, sob pena de incorrer em ato de improbidade administrativa. A notificação tem caráter recomendatório e estabelece prazo de 10 dias para a volta à normalidade.

Especialidades

Estão suspensas as consultas em pediatra, ginecologia, clínica em hiperdia, clínica-geral, cirurgião-geral, dermatologia, cardiologia, ortopedia, gastroenterologia, urologia e psiquiatria. A coluna procurou a Prefeitura de Alegre, mas até a publicação não obteve retorno.

TJES

O Tribunal de Justiça do ES tem novo presidente eleito. É o desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa, que vai assumir o cargo em 12 de dezembro, para o biênio 2020/2021. O vice é José Paulo Calmon Nogueira da Gama.

Aumento

Os vereadores de Cachoeiro de Itapemirim aprovaram, esta semana, projeto que reajusta os próprios salários, além do prefeito, do vice e dos secretários municipais. O salário de vereador sobe de cerca de R$ 6 mil para R$ 10,5 mil mensais – é o maior percentual de aumento, de quase 70%. Os demais giram entre 23% e 45%. 

Aumento II

O salário do prefeito pula de cerca de R$ 14 mil para quase R$ 18 mil, o do vice vai de R$ 8,9 mil para R$ 12.1 mil, e os vencimentos dos secretários passam de R$ 7,2 mil para R$ 10,5 mil/mês.

Justificativa

Em nota, a Câmara diz que, ao final desta legislatura, prefeito e vice vão completar 12 anos sem reposição, e vereadores e secretários, oito. Diz também que, à exceção do secretariado, que terá o aumento valendo ainda para 2019, os demais só serão reajustados nos próximos mandatos, em 2021.

Foto da coluna: Reprodução / Internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *