Majeski aciona polícia por denunciação fraudulenta na Ales

Mistério

O deputado estadual Sergio Majeski (PSB) está intrigado. Descobriu que uma denúncia feita contra ele à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, em julho do ano passado, tem como autor um homem que está oficialmente desaparecido desde 2016. Na denúncia, Gleiston Souza Peçanha diz que Majeski utilizou servidor público lotado no gabinete dele para fins pessoais, acusação que, segundo o parlamentar, foi refutada pelo procurador Alécio Fávaro.

Mistério II

Diante do inusitado de ser acusado por alguém que sumiu há anos, o deputado – e o referido servidor – apresentaram notícia-crime à Delegacia de Defraudações (Defa) da Polícia Civil.

Testemunhas oculares

Na representação, há pedido para que a polícia ouça a coordenadora do gabinete da Presidência da Assembleia, Dilma Layber, e o servidor do setor de protocolo que recebeu a denúncia. É que ambos viram a pessoa que se identificou como sendo Gleiston. Majeski quer também as imagens do videomonitoramento, a fim de identificar quem, de fato, o denunciou.

Corregedoria

Procurada pela coluna, a Mesa Diretora da Ales afirmou que o caso está na Corregedoria da Casa. O relator da tal denúncia é o deputado Marcelo Santos (PDT). À coluna, ele disse que não pode se manifestar publicamente, até que o processo seja finalizado.

FrenComex

Depois de se tornar presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop) e vice-Presidente da Frente da Agropecuária (FPA), o deputado federal Evair de Melo (PP/ES) anuncia que assumiu, nesta quarta (6), a liderança da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio Internacional e do Investimento (FrenComex).

Nova Engenharia

Mudanças nos currículos dos cursos de Engenharia, formação por competências e Ensino à Distância, entre outros temas relevantes, estarão em debate durante o 3º Fórum de Educação da Área Tecnológica, realizado no auditório do Crea/ES. O evento teve início nesta quarta (6) e segue até sábado (9). 

Nova Engenharia II

O tema central será “Novas diretrizes curriculares para os cursos de Engenharia”. Os debates devem ser norteados pelas determinações aprovadas este ano pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). Quem conhece o assunto afirma que a profissão nunca mais será a mesma. 

UVA e UVB

Projeto de lei do vereador Professor Elinho (PV), aprovado na Câmara de Cariacica, acaba de ser sancionado pelo prefeito Juninho (CIDADANIA). A lei obriga as empresas privadas e/ou contratadas pelo Poder Público a fornecer protetor solar para motoristas e motoboys, para diminuir o risco de câncer de pele. A Lei Municipal 6.018/2019 foi promulgada e já está em vigor.

Aprovado

O plenário do Senado aprovou na quarta (6), em 2º turno e por unanimidade (60 a 0), a PEC 75, da senadora Rose de Freitas (PODEMOS/ES), que torna o feminicídio e o estupro crimes imprescritíveis e inafiançáveis. O projeto, agora, vai à Câmara dos Deputados.

Foto da coluna: Asscom Ales.

One Reply to “Majeski aciona polícia por denunciação fraudulenta na Ales”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *