Sérgio Vidigal tem 54,7% dos votos válidos na Serra

O ex-prefeito da Serra Sérgio Vidigal (PDT) pode ser eleito na Serra sem precisar de um segundo turno. É o que aponta a pesquisa Rede Vitória/Futura. No levantamento que mostra os votos válidos, quando são excluídos não sabe, não respondeu, indecisos, brancos e nulos, o pedetista chega a 54,7% das intenções de voto. Em segundo aparece Vandinho Leite (PSDB) com 19,5%. Fábio (Rede) é o terceiro com 9,7%.

Na sequência aparecem Bruno Lamas (PSB) com 6%; Alexandre Xambinho (PL), com 5,2%; Luciana Malini (PP) com 1,7%; Gracimeri Gaviorno (PSC), com 1,4%; Delegado Federal Márcio (MDB) com 1%; e Ebinho (PCdoB), com 0,8%.

No levantamento que aponta a intenção estimulada de voto, os eleitores responderam à pergunta: “Sabendo que os candidatos são estes, e se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito da Serra?”. Mais uma vez Vidigal aparece em vantagem, agora com 44%. Vandinho tem 15,7% e Fábio aparece com 7,8%.

Na sequência aparecem Bruno Lamas, com 4,8%; Alexandre Xambinho, com 4,2%; Luciana Malini, com 1,3%; Gracimeri Gaviorno, com 1,2%; Delegado Federal Márcio, com 0,8%; e Ebinho, com 0,7%. Não sabe, não respondeu e indeciso tem 10,8%. Ninguém, branco e nulo aparece com 8,7%.

Quando o eleitor foi perguntado sobre quem teria seu voto nas eleições de domingo (15), mas sem citar os nomes dos concorrentes, Sérgio Vidigal aparece com 34,8%. Vandinho Leite tem 11,3% e Fábio aparece com 5,5%.

Logo em seguida aparecem Alexandre Xambinho, com 3,3%; Bruno Lamas, com 2,7%; Gracimeri Gaviorno, com 0,5%; Delegado Federal Márcio, com 0,3%; Ebinho, com 0,3%; e Luciana Malini, com 0,3%. Não sabe, não respondeu e indeciso tem 26,5%. Ninguém, branco e nulo fica com 11,8%. Outro tem 2,5%.

Quando perguntados em qual candidato não votariam em nenhuma hipótese, 17,8% dos eleitores citaram o nome do ex-prefeito Sérgio Vidigal. Vandinho Leite é o segundo mais rejeitado, com 15,7% e Bruno Lamas vem em seguida com 14,8%.

Fábio aparece com 10,5%; Alexandre Xambinho tem 9,7%; Delegado Federal Márcio tem 8,7%; Ebinho aparece com 7,5%; Luciana Malini tem 7,5%; e Gracimeri Gaviorno tem 5,3%. Rejeita todos tem 7,3%. Não rejeita nenhum fica com 21,8%. Não sabe, não respondeu tem 11%.

A evolução dos candidatos nas três pesquisas Rede Vitória/ Futura mostra que o ex-prefeito Vidigal começou com 38,2% de intenção estimulada de voto. Na segunda pesquisa ele chegou ao seu percentual mais elevado, de 46,8% e agora ele aparece com 44%. Já Vandinho apareceu na primeira pesquisa com 10,5%, passou a 12,8% e agora tem 15,7%. Fábio, que começou com 10,3%, chegou a dar um salto na segunda pesquisa indo para 17,8%, mas perdeu fôlego e agora aparece com 7,8%.

Na comparação dos três levantamentos espontâneos, Vidigal começou com 20,7%, foi a 35,8% e agora está com 34,8%. Vandinho teve 4,5% na primeira pesquisa, passou a 8% na segunda e agora tem 11,3%. Já Fábio tinha 7,8%, deu um salto para 19,3% e agora tem 5,5%.

Quando perguntados em quem não votariam em nenhuma hipótese, 19,2% dos eleitores responderam o nome do ex-prefeito na primeira pesquisa. Na segunda Sérgio Vidigal apareceu com 24,8% e agora tem 17,8%. Os números de rejeição de Vandinho Leite começaram em 11,3%, passaram a 13,5% e agora estão em 15,7%. O terceiro mais rejeitado, Bruno Lamas, começou com 10,7%, passou a 16,5% e agora tem 14,8%.

A pesquisa foi realizada pela Futura para a Rede Vitória e contemplou 600 entrevistas, com margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e confiabilidade de 95%. As entrevistas foram realizadas no dia 13 de novembro de 2020, face a face com o eleitor, respeitando as determinações sanitárias das autoridades de saúde. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número ES-03895/2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *