Candidatos derrotados fazem mistério sobre apoios no 2º turno

Candidato derrotado que pode mudar o cenário no segundo turno. É assim que os atuais postulantes à administração municipal em CariacicaSerraVila Velha e Vitória, estão correndo atrás de apoios para formar alianças a poucos dias do pleito decisivo.

Quanto mais votado for o candidato derrotado no primeiro turno, mais disputado é o seu apoio. Esse pode ser o motivo para que a maioria dos personagens políticos do Espírito Santo ainda não se posicionaram publicamente sobre quem irão apoiar.

Casagrande ainda não definiu quem vai apoiar no segundo turno

Autoridades que estão no poder como o governador Renato Casagrande (PSB) ainda não anunciaram quem vão apoiar.

Em contato com o jornal online Folha Vitória, a assessoria de comunicação de Casagrande afirmou, na tarde desta quarta-feira (18), que “o governador ainda não definiu apoio e irá conversar com a equipe antes de tomar alguma decisão”. Não há uma data para que Casagrande revele se irá apoiar algum candidato na Grande Vitória.

Confira quantos votos cada candidato conquistou

jornal online Folha Vitória entrou em contato com os candidatos derrotados com as votações mais expressivas para saber quem irão apoiar. Confira as respostas:

>> Neucimar Fraga (PSD): se reuniu na última terça-feira (17) com o deputado estadual Dr. Hércules (MDB) e nesta quarta-feira (18) se encontra com outros atores políticos para divulgar na quinta-feira (19) qual candidato apoiará para o segundo turno.

>> Marcos Bruno (Rede): o deputado estadual que liderava as pesquisas de intenção de voto em Cariacica terminou o pleito em quinto lugar com 16.031 votos. A assessoria de Bruno informou que o deputado, “a princípio, continuará neutro com relação a quem apoia no segundo turno”.

> Sandro Locutor (PROS): o ex-deputado estadual conquistou a quarta colocação no pleito de Cariacica com 17.536 votos. Locutor ainda não definiu quem irá apoiar. “Ainda não tenho definição. Vou ouvir os dois candidatos, estou ouvindo os nossos vereadores, candidatos e lideranças da cidade, não tomaremos uma decisão isolada”, afirmou.

>> Capitão Assumção (Patriota): o deputado estadual ficou em quarto lugar no pleito de Vitória, com 12.365 votos. Em nota, ele anunciou que manterá a neutralidade. “Contudo, como Deputado Estadual, mantenho meu compromisso de trabalhar em favor do povo de Vitória, bem como buscar avanços junto ao Governo Federal para contribuir com o desenvolvimento da nossa Capital.”

A reportagem do Folha Vitória aguarda o posicionamento de outros candidatos no primeiro turno. O texto será atualizado assim que recebermos uma resposta. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *