• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Kátia Abreu deve nomear ex-diretora do Sebrae para cargo na Agricultura

Política

Kátia Abreu deve nomear ex-diretora do Sebrae para cargo na Agricultura

Brasília - A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, deve nomear, nos próximos dias, a ex-diretora técnica da unidade do Sebrae no Tocantins Maria Emília Mendonça Jaber como secretária executiva do Ministério. Mila Jaber, como é conhecida, já despacha no Ministério liderando a equipe técnica que a ministra instalou no oitavo andar do prédio.

Mila substitui o agrônomo José Gerardo Fontelles, que chegou ao comando da Secretaria Executiva da Agricultura em 2013. Ela será o braço forte da ministra, que assumiu o cargo nesta semana. Kátia Abreu deve concentrar as atividades das outras secretarias e órgãos da Agricultura entre a secretaria de Mila e seu gabinete.

A ministra disputou a nova secretária com o governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), que queria Mila para a Secretaria da Educação. Há rumores de que a ministra e o governador tenham discutido para decidir quem ficaria com Mila, cuja formação acadêmica nada está ligada à Agricultura.

Mila tem bacharelado em Artes Visuais pela Universidade Federal de Goiás (UFG), é especialista em Gestão Empresarial pela Fundação Getulio Vargas (FGV), em Cultura da Imagem e Educação Corporativa (UFRJ) e em Políticas Participativas do Lazer para Indústria (UFMG). Ela foi também assessora de Assuntos Estratégicos da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto).

A nova secretária executiva da Agricultura trabalhou informalmente na campanha de reeleição de Kátia ao Senado neste ano, quando ela obteve o segundo mandato para representar o Tocantins na Casa do Congresso Nacional. Outros dois nomes também já foram escolhidos pela ministra para formar sua equipe: Décio Coutinho, assessor técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que deverá assumir a Secretaria de Defesa Agropecuária; e Tatiana Palermo, superintendente de Relações Internacionais da entidade, que deve ir para a Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio.