• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Segundo voto contra ex-presidente Lula garante condenação no TRF-4

Política

Segundo voto contra ex-presidente Lula garante condenação no TRF-4

Ainda é necessário o voto do desembargador Victor Laus, mas os votos de Gebran Neto e Leando Paulsen garantem a condenação.

Com os votos dos desembargadores Gebran Neto e Leandro Paulsen nesta quarta-feira (24), o recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não é aceito pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre. 

Ainda é necessário o voto do desembargador Victor Laus, mas os dois votos contrários a Lula garantem a condenação.

Gebran e Paulsen votaram pela condenação do ex-presidente no caso do triplex do Guarujáaplicada pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal, em Curitiba (PR).

OS VOTOS

Desembargador Gebran Neto:

Votou pela culpa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por crime de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, pelo recebimento do triplex no Guarujá, e elevou pena decretada por Sergio Moro de 9 anos e meio para 12 anos e um mês.

Infelizmente está sendo condenado um ex-presidente da República, mas que praticou crime e pactuou direta ou indiretamente com a concretização de tantos outros

Desembargador Leandro Paulsen:

Negou pedido do MPF e manteve uma condenação por corrupção e uma por lavagem de dinheiro a Lula. O desembargador falou contra o argumento de que a condenação de Lula está baseada apenas na fala do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro. Para ele, o depoimento de Pinheiro é corroborado pelo fato do triplex nunca ter sido colocado à venda e ter recebido reformas para o ex-presidente.

Poder-se ia avançar para outros crimes, mas não há provas seguras. Ficamos em um crime de corrupção e um por lavagem de dinheiro.