• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

"Maia conhece de perto nossas realidades", diz coordenador da bancada capixaba

  • COMPARTILHE
Política

"Maia conhece de perto nossas realidades", diz coordenador da bancada capixaba

O líder do PP no Estado acredita que Rodrigo Maia irá somar esforços com o governo federal e ajudar nas demandas do Espírito Santo junto à União

Marcus Vicente substituiu Rose na coordenação da bancada Foto: Agência Câmara

Após a eleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na Câmara dos Deputados, o coordenador da bancada capixaba no Congresso Nacional, Marcus Vicente (PP), saiu em defesa dos benefícios que a vitória do demista pode trazer para o Estado.

"Se você elege um parlamentar de um Estado vizinho ao nosso, evidentemente ele conhece as nossas realidades, que não são diferentes, embora economicamente o Espírito Santo esteja à frente do Rio uns 30 anos. Maia conhece de perto nossas realidades sociais, políticas e econômicas", declarou Vicente.

O líder do PP no Estado acredita que Rodrigo Maia, além de somar esforços com o governo federal em reformas estruturantes, poderá ajudar nas demandas do Estado junto à União. "Como 60% da bancada votou nele acho que pode nos ajudar na concepção de alguns projetos", diz. 

Veja como votou a bancada capixaba

Marcus Vicente também comemorou o fato do deputado federal Carlos Manato (SD) ter sido eleito o quarto suplente da Mesa Diretora, encabeçada por Maia. O líder do Solidariedade teve 272 votos e venceu o concorrente na disputa interna, Felipe Bornier (PROS-RJ), que recebeu 170. "Acho uma posição legal, é sempre importante a posição de um capixaba na mesa".

O coordenador da bancada chegou a ser cotado para a segunda vice-presidência da Mesa na disputa interna do PP, mas André Fufuca (PP-MA) acabou sendo o escolhido. Ele foi eleito com 283 votos. "Aceitei o resultado da bancada democraticamente e vou com ela e com nosso vice-presidente eleito tocar a vida e cobrar os resultados", finaliza.