• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Assembleia aprova volta de 40 policiais militares para órgãos públicos

Política

Assembleia aprova volta de 40 policiais militares para órgãos públicos

De autoria do governo estadual, o projeto foi aprovado por 17 votos a 3, em sessão extraordinária, após duas tentativas fracassadas de apreciação por falta de quórum

Projeto foi aprovado em sessão extraordinária por 17 votos a 3. (Foto: Tati Beling - Divulgação/Assembleia)

Quarenta policiais militares da ativa voltarão a trabalhar para órgãos públicos no Espírito Santo. A definição ocorre após a aprovação do Projeto de Lei que determina que 20 militares fossem cedidos para o Ministério Público (MP-ES) e outros 20 para o Tribunal de Justiça (TJ-ES).

De autoria do governo estadual, o projeto foi aprovado por 17 votos a 3, na noite da última segunda-feira (27), em sessão extraordinária na Assembleia Legislativa, após duas tentativas fracassadas de apreciação por falta de quórum.

Votaram contra a proposta os deputados Sergio Majeski (PSDB), Amaro Neto (SD) e Enivaldo dos Anjos (PSD).

De acordo com o projeto, a remuneração desses 40 policiais será paga pelos próprios órgãos. No entanto, também existe a possibilidade de ser criado um convênio e o pagamento ser feito pelo governo.

Polêmica

A aprovação na Casa acontece poucos meses após o governo assinar outro projeto determinando que todos os policiais cedidos aos órgãos públicos voltassem para as ruas.

Inicialmente, voltaram a ativa oficiais que estavam na própria Assembleia Legislativa e, logo depois, os que estavam em outros órgãos.