• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Caixa abrirá investigação interna para apurar denúncia na Lava Jato

Política

Caixa abrirá investigação interna para apurar denúncia na Lava Jato

Brasília - A Caixa Econômica Federal informou que fará uma investigação interna com o intuito de averiguar os fatos revelados nesta sexta-feira, 10, pela Polícia Federal na 11ª fase da Operação Lava Jato, que investiga o esquema de corrupção na Petrobras. Nessa nova fase, a PF apura crimes na Caixa e no Ministério da Saúde.

"A Caixa reitera que vai colaborar integralmente com as investigações e informa que encaminhará imediatamente todos os contratos relacionados às empresas citadas à Controladoria-Geral da União, à Polícia Federal e ao Ministério Público", afirmou, em nota. Há suspeita de que a agência de publicidade Borghi Lowe tenha pago propina aos irmãos Vargas para obter vantagens em contratos da Caixa e outros órgãos públicos. Os repasses teriam sido feitos a duas empresas controladas pelos Vargas: a LSI e a Limiar.

Segundo a PF, os contratos de 2010 até 2014 da Borghi Lowe, de Ricardo Hoffmann (preso hoje) com a Caixa estão sendo investigados. Hoffmann é considerado uma espécie de operador do esquema de repasse de propina a agentes públicos. As investigações apontam que, para a realização dos comerciais da Caixa, eram contratadas empresas terceirizadas, como as de filmagem. As subcontratadas repassavam 10% do valor para as duas empresas de Vargas.